ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 01 de Setembro de 2016, 17h:47 | Atualizado: 01/09/2016, 19h:46

Exportação

Burocracia derruba competitividade da carne na ampliação de mercado

Assessoria

carne exportação

 Até o fim do ano, Abiec pretende retomar números de 2014, que geraram receita de US$ 7 bi ao país

“Abrir mercado é essencial, mas, paralelo a isso é preciso ter competitividade”, avalia o diretor o diretor-executivo da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Fernando Sampaio. Em entrevista para o , ele ressalta a importância dos novos mercados, bem como o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo ministro Blairo Maggi a frente do Mapa em busca de novos mercados e cita que as questões burocráticas ainda são um grande entrave para o setor. 

Para ele, a burocracia ainda é fato impeditivo para muitas negociações e derruba a eficiência e a competitividade da cadeia da carne e, talvez por isso, o Brasil continue com dificuldade de acesso a alguns mercados. “Somos muito bons dentro da fazenda e da indústria, mas temos um ambiente ruim fora delas. Outro fator são as razões protecionistas e supostamente sanitárias. Enfim, temos muito a avançar no mercado internacional”, diz.

Atualmente, o Brasil detém 17% da participação do mercado da carne bovina mundial, onde Mato Grosso aparece como o segundo maior exportador no país, ficando atrás apenas de São Paulo. Nos primeiros sete meses deste ano, o Brasil exportou 845 mil toneladas de carne bovina in natura, alta de 10% em relação ao volume do mesmo período no ano passado. Desse total, Mato Grosso foi responsável por cerca de 20%, tendo exportado cerca de 165 mil toneladas.

Em relação ao faturamento, as vendas brasileiras alcançaram a soma de US$ 3,3 bilhões, queda de 1% se comparado ao mesmo período (jan a jul) de 2015. Só Mato Grosso faturou mais de R$ 503 milhões, representando aproximadamente 17% do montante.

O diretor conta que para elevar esses números existem diversos mercados importantes que podem ser trabalhados e que a carne brasileira ainda não tem acesso, como o México e o Canadá. Além disso, revela que o Brasil deve negociar em breve com o Japão e que já existem mercados em processo de abertura como é o caso da Thailândia e Taiwã, onde o ministro do Mapa, Blairo Maggi, tem visitas com este objetivo.

"Quanto mais mercados você tem à disposição, melhor você consegue rentabilizar a carcaça. Nós desmontamos o boi e a nossa função é achar o melhor mercado para cada parte do boi. Os Estados Unidos representam um importante mercado, aberto recentemente, pois vamos conseguir valorizar a dianteira, mais difícil de ser comercializada no mercado interno".

No entanto, além de avançar nas negociações com outras nações, ele cita que é preciso crescer também no quesito competitividade. “O acesso junto com a competitividade que vai determinar o quanto nossa participação poderá crescer no mercado mundial da carne”. Para ele, a competitividade não pode depender somente do câmbio. O ideal seria trabalhar outras áreas, especialmente as legislações tributárias e trabalhistas, bem como melhor relacionamento entre o setor e governo. 

Mesmo com tantos entraves, até o fim do ano, a Abiec espera retomar os números de 2014, quando as exportações alcançaram 1,5 milhão de toneladas, gerando a receita de US$ 7,2 bilhões para o Brasil. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.