ECONOMIA E AGRO

Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 09h:43 | Atualizado: 20/01/2020, 18h:31

documento de Piaraçu

Cacique Raoni é criticado pelos indígenas agricultores por evento contra Bolsonaro

Erik Marky Terena - Mi?dia I?ndia

Reuni�o aldeia Pira�u

Mais de 600 lideranças indígeas reunidas na Aldeia Piaraçu, que fica no Parque Nacional do Xingu, em Mato Grosso

O grupo de agricultores indígenas, formado por quatro etnias sendo três de Mato Grosso e uma de Pernambuco, divulgou uma carta repudiando um documento produzido após encontro realizado entre 14 e 18 deste mês, e que reuniu mais de 600 lideranças indígenas e não indígenas, na Aldeia Piaraçu, que fica no Parque Nacional do Xingu, em Mato Grosso. 

No documento de Piaraçu, os participantes alegam que não aceitam o agronegócio, a mineração, a construção de usinas hidrelétricas e ferrovias em suas terras como pretende o Governo Bolsonaro. “Ora, se eles assim desejam permanecer, fechando os olhos para o progresso, é o direito deles e não podemos e nem queremos interferir. No entanto nosso entendimento é bem diferente. Não somos contra o progresso e estamos abertos ao diálogo para que os empreendimentos sejam analisados e seus impactos devidamente compensados”.

Os produtores indígenas alegam ainda que desejam realizar parcerias para superar carências que, segundo eles, têm sido mantidas no atraso e dependência. Com discurso alinhado ao do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), os produtores dizem ainda que não aceitam alienação por movimentos políticos e ONGs, e que os “parentes” que se reuniram na aldeia Piaraçu são tratados como “massa de manobra por todo tipo de oportunistas”. Os produtores dizem ainda que a reunião teve como único objetivo “atingir e afrontar o Governo”.

Na carta, os agricultores indígenas pontuam que não possuem filiação partidária, e que não reconhecem organizações como a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo (Apoinme) e Conselho Indigenista Missionário (Cimi), que é ligado à Igreja Católica por meio da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

“O Grupo de Agricultores quer o diálogo com o atual Governo, pois entende que somente com discussão dos problemas de forma transparente e objetiva se poderá chegar a um patamar satisfatório para todos. Finalmente queremos deixar claro que os indígenas e seus parceiros reunidos na aldeia Piaraçu falam por eles. Jamais por nós”, pontuam.

Assinam a carta os indígenas Felisberto Cupudunepá, da etnia Umutina, Arnaldo Zunizakae, da etnia Paresi, Edson Oliveira Santos, da etnia Bakairi, de Mato Grosso, e Paulo Lucio da etnia Fulni-ô de Pernambuco.

Encontro Histórico

O encontro na Aldeia Piaraçu foi liderado pelo líder indígena Cacique Raoni Metuktire, que com 89 anos de idade tem se destacado internacionalmente como um dos mais relevantes expoentes da defesa dos povos nativos.

Mais de 600 lideranças indígenas e não indígenas, membros de movimentos sociais e organizações que atuam em favor das populações minoritárias estiveram presentes no evento, que foi idealizado como forma de demonstrar resistência ao Governo Bolsonaro, que defende abrir as terras indígenas para exploração econômica.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Juca | Terça-Feira, 21 de Janeiro de 2020, 08h28
    1
    1

    Índio sendo massa de manobra da Igreja? Tem que colocar esses índios para assistirem o filme A missão de Roland Joffé, para entender a relação da igreja e os índios.

  • Janio carlos | Segunda-Feira, 20 de Janeiro de 2020, 21h59
    2
    0

    Este cacique faz parte da turma dos Petralhas do PT.

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.