ECONOMIA E AGRO

Quarta-Feira, 18 de Março de 2020, 17h:23 | Atualizado: 18/03/2020, 17h:30

EFEITO VÍRUS

Comércio quer reduzir horário e limitar a compra de itens por cliente no Estado

comercio cuiaba 680

Com receio de que o governo do estado decrete o fechamento do comércio, a Fecomércio e CDL Cuiabá formalizam pedido para reduzir horário de expediente para o período das 10h às 18h para todos os estabelecimentos do Estado. A ideia é minimizar a carga de trabalho, diminuir o trânsito.

A decisão ocorreu em reunião na manhã desta quarta (18) entre entidades representativas de bares e restaurantes, calçados e confecções, comércio de rua e de shopping, turismo e eventos que decidiram buscar algumas medidas junto as esferas públicas, tanto municipal, estadual, quanto federal.

Eles ainda pedem que seja limitada a quantidade de venda produtos por pessoa. Da mesma forma a entrada de consumidores dentro do estabelecimento, no sentido de não haver aglomerações, como nos supermercados, por exemplo.

Essas ações, que fazem parte de um documento a ser divulgado ainda hoje pelas entidades, visam minimizar os impactos para a sociedade como um todo, protegendo, principalmente os empregos e empregadores.

Em Cuiabá, os lojistas já reclamam da falta de clientes que está impactando no faturamento. O governo já havia indicado que as pessoas evitem sair de casa.

Segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), não há risco de falta de alimentos nas lojas e a população não precisa se preocupar, os supermercados estão preparados, inclusive, para aumentar o abastecimento, caso necessário.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.