ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 18h:45 | Atualizado: 13/02/2020, 19h:02

SEM FERIADO

Comércio de Cuiabá está autorizado a abrir durante carnaval, dizem entidades

comercio cuiaba 680

Tanto o comércio de rua quanto as lojas localizadas no shoppings centers podem funcionar. A tradicional "Quarta-feira" de Cinza também não é feriado

O comércio de rua quanto os shoppings centers devem funcionar normalmente no período de carnaval (24 e 25) na capital mato-grossense. A data foi declarada “ponto facultativo” em decreto instituído pela prefeitura de Cuiabá. Já em Várzea Grande, os lojistas devem fechar as portas, porque a data foi considerada feriado municipal.
Como não se trata de feriado na capital, os comerciantes poderão abrir suas lojas normalmente durante a folia de Momo, sem implicação de ônus trabalhista. Apesar da tradição de abertura após ao meio-dia, o horário de trabalho também é considerado normal  também na Quarta-feira de Cinza, cabendo ao empregador decidir quais serão os períodos de funcionamento de seu comércio.
“Embora muitos brasileiros folguem na terça-feira (25.02) de carnaval e nos dias que a antecedem, a data não é feriado nacional. Só é considerado feriado nos Estados ou municípios onde há lei específica nesse sentido, mas não é o caso da nossa região”, declarou o superintendente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá), Fábio Granja.
Granja esclarece que essa dúvida, quanto ao que pode ou não funcionar e quais são as regras, surge por vários motivos, entre eles, pela festividade estar enraizada no país e pelo fato dos órgãos e entidades da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo concederem através de publicação no DOU (Diário Oficial da União) ponto facultativo na segunda, terça e quarta-feira de Cinzas (no período da manhã).
“Nossa orientação é para que cada segmento faça uma avaliação interna se haverá saldo positivo na abertura de suas lojas nesses dias de festa", avaliou.

Várzea Grande

Já na cidade vizinha, Várzea Grande como a data é considerada feriado a remuneração devida aos empregados deve ser o dobro, incluída as comissões de vendas que serão calculadas pela média mensal. “O pagamento se dará junto com o fechamento da folha de pagamento do corrente mês em que se trabalhou no feriado. A permissão abrange os municípios que seguem a CCT”, diz orientação da Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio-MT).

As regras foram definidas, conforme a entidade, em Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), acordadas entre os sindicatos patronais e laborais ainda em 2019. A empresa interessada em manter o funcionamento durante o feriado deve solicitar uma declaração ao sindicato de sua categoria patronal, a qual deverá ser publicada no respectivo quadro de avisos da empresa.

Para o dia 26, a “cidade industrial” também deve respeitar o horário estabelecido na Quarta-Feira de Cinzas, retornando às atividades a partir das 13 horas.

(Com assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.