ECONOMIA E AGRO

Quarta-Feira, 20 de Maio de 2020, 14h:38 | Atualizado: 20/05/2020, 14h:42

BOI NO PASTO

Pecuaristas reduzem até 30% do rebanho confinado para baixar custos na crise - leia

Reprodução

confinamento de gado

Apenas 53,6% dos pecuaristas de Mato Grosso têm intenções de manter a criação de gado em confinamento este ano. É o que informa o boletim do Imea, divulgado na última semana. Em 2020, teve queda de 29,93% no rebanho confinado, só em abril foi registrada retração de 16,45% em relação ao mesmo período de 2019. Especialistas do Instituto Mato-grossense de Carne (Imac) apontam que a conjuntura econômica instável com a pandemia da Covid-19 tem mantido o pecuarista mato-grossense cauteloso, mas podem ser tomadas medidas para reduzir os impactos.

A intenção de confinamento foi apurada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e aponta para um rebanho de 577.550 animais a serem confinados, frente aos 824.225 animais confinados em 2019, redução de 29,93%.

A análise do Imac é de que a escolha dos pecuaristas se deve ao impacto da crise e, entre as preocupações, estaria o custo de produção em confinamento. "Os insumos relacionados à nutrição animal e a aquisição de animais para engorda aumentaram e podem negativar a rentabilidade do confinamento”, contextualiza o zootecnista Bruno Andrade, especialista em confinamento.

Além disso, ele afirma haver uma expectativa de redução no consumo interno de carne bovina, devido aos impactos econômicos gerados pela Covid-19. “Já em relação às exportações, o cenário, hoje, é positivo”, pontua.

Oportunidades

Apesar do levantamento indicar uma retração na intenção de confinamento, Bruno Andrade enxerga no estudo do Imea algumas oportunidades para o mercado da carne em Mato Grosso. Uma delas é o fato de que 43,6% dos pecuaristas ainda não adquiriram seus animais para o processo de engorda em confinamento.

De acordo com o zootecnista, o maior atrativo é a qualidade da carne produzida em Mato Grosso. Além da grande capacidade de produção que tem reconhedimento em outro países. Isso porque, nos últimos anos, o setor vem investindo em melhorias que vão desde a tecnologia na produção à logística. "Isso pode significar melhor genética, mais manejo e suplementação nutricional sendo empregados nas fazendas”, explica.

O especialista identifica outra oportunidade nos números divulgados pelo Imea, entre elas estaria a gestão rural, o que inclui escolher ferramentas para intensificar a produção com uma melhor relação custo/benefício para o criador.  A disponibilidade de proteína para a dieta animal, e a preços mais acessíveis que em outros estados, é uma vantagem apontada.

“O confinamento em si é uma dentre várias alternativas. O pecuarista consegue obter animais com mais qualidade investindo em suplementação alimentar, realizando semi-confinamento ou integração lavoura-pecuária, por exemplo”, comenta o zootecnista. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.