ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 21 de Maio de 2020, 18h:15 | Atualizado: 21/05/2020, 18h:15

APESAR DE QUEDA

Oeste mato-grossense assume liderança no confinamento de bovinos neste ano

Reprodução

Confinamento de bovinos

O próximo levantamento deve ser realizado em julho e deverá apresentar um cenário mais concreto sobre quantos animais deverão ser confinados de fato

Apesar de redução no total de animais confinados, levantamento aponta que 168,4 mil animais deverão ser terminados no cocho este ano. A região Oeste deve liderar o confinamento de bovinos este ano em Mato Grosso. De acordo com o 1º levantamento realizado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), 168.400 animais deverão ser confinados este ano, segundo os produtores da região, o que representa 29% do total no Estado, estimado em 577.550 animais. Até ano passado, o centro-sul liderava o ranking estadual.

Apesar da liderança este ano, expectativa deste ano é que haja uma redução de 14,5% no número de bovinos engordados no cocho em comparação com 2019, quando 197.076 animais foram confinados no oeste do Estado. Ainda de acordo com o levantamento, devido a redução da capacidade estática, a taxa de ocupação deverá ser de 99% na região.

Muitos produtores estão cortando o milho para fazer volumoso e ração e em algumas propriedades a soja também dá lugar para recria

Produtor Luciomar Machado

Os fatores que estão influenciando a maior cautela dos produtores são o custo do animal, a instabilidade decorrente da pandemia pelo novo coronavírus e os custos dos insumos.

Para o produtor da região e diretor da Associação Campos do Guaporé, Luciomar Machado, o avanço da agricultura no oeste do estado tem estimulado os pecuaristas e facilitado a manutenção dos confinamentos. “Muitos produtores estão cortando o milho para fazer volumoso e ração e em algumas propriedades a soja também dá lugar para recria. Outra característica é o crescimento dos semiconfinamentos devido ao aumento da disponibilidade de milho”, afirma o produtor.

Luciomar Machado, porém, também destaca que apesar do volume expressivo de animais confinados, a alta nos custos de produção e o preço “apertado” do boi gordo está segurando um crescimento ainda maior. “As indústrias estão travadas na região e, apesar do desenvolvimento oriundo da agricultura, a integração também requer mais tecnologia, o que eleva o custo de produção”, detalha.

A produtora de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 521 km de Cuiabá) Larissa Zem explica o planejamento no início do ano era aumentar o número de animais confinados, mas com a pandemia do novo coronavírus e considerando o preço do boi magro e da arroba, a conta não fecha. “Não vamos confinar para ter prejuízo. Por isso devo engordar somente os animais que já temos na fazenda”. A produtora disse ainda que, devido à produção de milho e de sorgo, o custo na propriedade é relativamente menor porque já tem parte dos insumos.

O Imea destaca exatamente isso em seu relatório. “Os custos com aquisição de animais e insumos para suplementação estão em alta, o que levou à maior cautela dos confinadores este ano. Além disso, também foi citado o menor consumo de carne bovina no mercado doméstico, devido ao coronavírus”, detalha o levantamento. Ainda segundo o estudo, uma contrapartida vem do mercado externo que está com a demanda aquecida, o fator que tem sustentado as cotações futuras.

O próximo levantamento deve ser realizado em julho e deverá apresentar um cenário mais concreto sobre quantos animais deverão ser confinados de fato este ano.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.