ECONOMIA

Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 15h:30 | Atualizado: 06/08/2020, 15h:58

AVALIAÇÃO DE MERCADO

Grupo decide fechar unidades do Extra e aposta no Assaí Atacadista em Cuiabá

Rodinei Crescêncio

Extra VG

Grupo havia fechado, em outubro de 2019, sua unidade em Várzea Grande; agora também anunciam o encerramento das atividades na Capital do Estado

Alegando inviabilidade econômica, o Extra anunciou o fechamento das unidades do supermercado em Cuiabá a partir de 31 de agosto. O prédio onde funciona uma das unidades será convertido em Assaí Atacadista e deve ser inaugurado até o final desse ano, o outro será colocado à venda. A decisão acontece ainda em meio à pandemia da Covid-19, a qual, em Mato Grosso, teve sua aceleração a partir da segunda quinzena de junho.

As unidades da rede na Capital estão localizadas na avenida Miguel Sutil e outra na Fernando Correa da Costa.

Segundo assessoria, em nota, decisão faz parte do plano de conversões do GPA, grupo controlador de ambas as marcas, que ainda prevê a adaptação de 20 lojas de hipermercados para o formato de atacado de autosserviço até 2021.

“O GPA tem trabalhado na otimização dos seus ativos e a reestruturação na capital de Mato Grosso faz parte dessa adequação”, diz trecho da nota.

Ainda não foi informado quantos trabalhadores serão demitidos, mas parte que tiver interesse em permanecer na companhia, pode ser redirecionada para outras operações do grupo na região.

Em outubro 2019, a rede já havia fechado sua loja em Várzea Grande e realocado colaboradores para outras unidades. 

Leia a nota

Após estudos de viabilidade econômica e análise do perfil do consumidor da cidade, o Extra optou pelo fechamento de suas duas unidades em Cuiabá. Em uma dessas lojas será instalada uma unidade do Assaí Atacadista, com previsão de inauguração até o final de 2020. Essa alteração de bandeira faz parte do projeto de conversões, o qual prevê a adaptação de 20 lojas de hipermercados para o formato de atacado de autosserviço até 2021.

A segunda loja será fechada e o imóvel colocado à venda. O GPA, grupo controlador de ambas as marcas, tem trabalhado na otimização dos seus ativos e a reestruturação na capital de Mato Grosso faz parte dessa adequação. Os colaboradores que demonstrarem interesse em permanecer na companhia poderão ser redirecionados para outras operações do grupo na região.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito aprovado por mais de 70%

gustavo melo 400 curtinha   O mais jovem dos prefeitos mato-grossenses, Gustavo Melo (foto), de 36 anos e que busca a reeleição em Alto Araguaia, está concluindo o mandato com uma boa avaliação popular. Pesquisa do instituto Analisando, feita entre 18 e 19 de outubro, com margem de erro de 5 pontos percentuais e...

Rejeição a Abílio sobe e cai a de EP

abilio junior 400 curtinha   Nos últimos 15 dias, o candidato a prefeito da Capital, Abílio Júnior (foto), do Podemos, viu a rejeição aumentar 12 pontos percentuais, quase um por dia, saindo de 19% para 31%, de acordo com a nova rodada da pesquisa Ibope, divulgada nesta sexta pela TV Centro América....

Fávaro deixa governador em saia-justa

carlos favaro 400 curtinha   O senador interino do PSD, Carlos Fávaro (foto), que busca a reeleição, deixou o governador Mauro Mendes (DEM) em uma saia-justa em Barra do Garças. Mendes, que já declarou apoio no horário eleitoral ao candidato à sucessão municipal Wellington Marcos, do mesmo...

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....