ECONOMIA E AGRO

Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 16h:48 | Atualizado: 19/11/2019, 16h:54

DE 2017

IBGE: PIB agropecuário em MT retrai 10%

Secom-MT

Rebanho bovino MT

O agro considera toda a cadeia, envolvendo atividades da área de serviços e da indústria

A participação da agropecuária no PIB de Mato Grosso, em 2017, retraiu 10,1% na comparação com 2016, baixando de R$ 25 para R$ 22,5 bilhões. Ao todo, o Produto Interno Bruto do Estado foi de R$ 126,8 bilhões. Em contrapartida, outros setores influenciados pelo agronegócio aumentaram a participação na geração de riquezas, como o de serviços que cresceu 6,1% no período, passando de R$ 68,5 para R$ 72,7 bilhões.

O economista Vivaldo Lopes explica que os parâmetros utilizados pelo IBGE reduzem o PIB agropecuário. “O conceito utilizado para apuração restringe os valores do PIB agropecuário. O agronegócio considera toda a cadeia, envolvendo atividades da área de serviços e da indústria. O IBGE restringe a apuração apenas ao setor agropecuário e silvo-pastoril. Por esse método, o PIB agropecuário nacional responde apenas à 7% do PIB nacional. Serviços e comércio a 72%, o restante é indústria”.

O especialista ressalta que conforme o instituto de pesquisa, o PIB agropecuário em Mato Grosso corresponde a 17%, mas a cadeia completa do agro chega a 56% do PIB do Estado.

Outro fator que deve ser levado em consideração no resultado do PIB 2017, em relação ao agronegócio, é que apesar das atividades desse setor terem aumentado 45,2%, conforme destacado pelo próprio instituto de pesquisa, se comparado com 2016, a influência do descontrole cambial acabou elevando custos, apesar de ter ajudado nas receitas em relação aos produtos exportados.

Apesar da peculiaridade no agronegócio, o PIB de Mato Grosso cresceu 12,1% em 2017, sendo o melhor desempenho entre as unidades da federação.

A indústria apresentou variação positiva em volume de 2%, tendo participado com 13,4% da economia estadual em 2017, totalizando R$ 17 bilhões. “Em Indústrias de transformação, com crescimento de 5%, as maiores contribuições vieram da fabricação de produtos alimentícios e da fabricação de álcool e biocombustíveis”, destacam os técnicos do IBGE.

Os dados também revelam que eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação teve variação em volume de 21,7% devido à geração de energia elétrica, impulsionada pela hidrelétrica Teles Pires. “A atividade de Construção permaneceu com retração em volume (-12,7%), pelo terceiro ano consecutivo no Estado, em função da construção de edifícios e de obras de infraestrutura”.

O setor de serviços teve variação positiva de 3,2% em 2017, sendo que os principais setores que colaboraram para isso foi o de reparação de veículos automotores e motocicletas, transporte e armazenagem. O setor é que mais contribui com o PIB mato-grossense, totalizando R$ 72,7 bilhões.

O IBGE destaca também que no comércio, o varejo e transporte foram às principais atividades que contribuíram com o PIB do Estado, influenciada principalmente pelo escoamento da produção agrícola, o que inclui a participação da ferrovia (Ferronorte) até Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

MDB fechado com Pivetta à senatória

joao jose 400 curtinha   O médico e deputado estadual João José (foto), do MDB, disse nesta segunda, em entrevista às jornalistas Lídice Lannes e Andhressa Barboza, em live do RDTV, tv web do portal Rdnews, que o seu partido está fechado no apoio à candidatura de Otaviano Pivetta ao Senado, na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.