ECONOMIA E AGRO

Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 11h:20 | Atualizado: 30/11/2019, 13h:44

Lojas "mascaram" os preços e confundem consumidores na Black Friday - veja fotos

Dayanne Dallicani

TV é um dos produtos em que o preço não varia muito na Black Friday

Smart TV 55 é um dos produtos em que preço não é muito diferente do praticado nos outros dias sem a Black Friday

A Black Friday já virou tradição no comércio e é aguardada pelos consumidores como oportunidade de comprar produtos mais baratos. Mas o título de “Black Fraude”, pelo qual ficou conhecida a data, também é uma realidade. 

O verificou que as lojas adotaram políticas de preços que mascaram o real valor dos produtos. Um mesmo item possui até dois valores distintos em um lugar só.

Uma Smart TV Samsung 55’ 4k, em uma loja visitada pela reportagem, estava exposta como destaque na promoção da Black Friday ao preço de R$ 2.499 mil, com a informação de que custava R$ 4.399. Na mesma loja, um vendedor informou que o mesmo produto custava R$ 3 mil antes da data promocional e que hoje estava sendo vendida por R$ 2.599.

Na loja 2, a TV da mesma marca e, com as mesmas especificações, também estava exposta como destaque da Black Friday, e com um desconto de R$ 920, baixando de R$ 3.299 para R$ 2.379. Mas, o havia visitado a loja com antecedência, e verificado que o valor de R$ 2.379 assim, como estava no suposto preço promocional de hoje.

Dayanne Dallicani

Lourdes da Silva aproveita para pesquisar pre�os de m�quina de lavar roupa

Lourdes da Silva pesquisa preços de máquina de lavar roupa

As lojas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos também têm adotado outra estratégia para mascarar o real valor dos produtos. Ao longo do mês, diversas promoções com nomes sugestivos como “esquenta Black Friday” ou “semana Black Friday” funcionam como uma espécie de atrativo aos consumidores. As promoções geralmente são ínfimas e acabam atraindo o consumidor por oportunidade. Afinal, nem sempre ele está atento ao preço de mercado dos produtos. 

A artesã Lourdes Claudino da Silva, de 54 anos, saiu às ruas nesta sexta à procura de uma máquina de lavar roupas. Ela já pesquisa o preço do equipamento há algum tempo e esperou a Black Friday para encontrar promoções atrativas. “Mas não estou vendo muita diferença. Eu esperava descontos maiores”, confessa.

O desconto médio na máquina pesquisada pela artesã se situou em 25%, baixando de R$ 800 para R$ 600, mas Lourdes contava com um desconto de pelo menos 40% para valer a compra. 

Em alguns produtos é possível verificar que, de fato, a promoção é vantajosa, como no caso dos smarthphones, que estão em média 20% mais baratos, já que em média os descontos habituais se situam entre 6% e 10% na diferença entre valores a vista e à prazo. 

O Procon-MT monitorou os preços de quatro lojas em outubro e novembro e estão verificando se a Black Friday de fato está tendo promoções e não a “maquiagem de preço”, que ocorre quando se aumenta o valor dos produtos semanas antes para depois anunciar descontos. A orientação é que a prática deve ser denunciada aos órgãos de proteção ao consumidor.

“Posteriormente, vamos comparar os preços praticados pelos lojistas, antes e durante a Black Friday, para verificar se realmente se tratavam de ofertas. Caso seja constatado irregularidade, a empresa pode ser autuada pelo Procon”, explicou o fiscal de Defesa do Consumidor, Rogério Chapadense.

Serviço 

Para conferir a lista de produtos e preços verificados pelo Procon acesse aqui

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • GILMAR DE PAULA | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 16h57
    4
    0

    Sempre procuro valorizar o comércio local, sem me importar com a tal "friday". No entanto, em alguns casos, a diferença entre o preço do lojista local está em total descompasso com preço praticado no comércio pela internet. Embora haja muita falsificação de produtos, existem vendedores na rede que comercializam produtos de qualidade e emitem nota fiscal. Antes de comprar sempre faço uma pesquisa comparativa.

  • falei | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 15h27
    7
    0

    PROMOÇÃO, TUDO PELA METADE DO DOBRO. ESTE PAÍS NÃO É PARA AMADORES.

  • alexandre | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 11h44
    10
    1

    black fraude...

  • Nilton Ferreira | Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, 11h34
    7
    0

    qual loja? onde? quando? o que a empresa falou? reportagem meio estranha

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.