ECONOMIA E AGRO

Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 18h:39 | Atualizado: 10/12/2019, 18h:46

ATO EM BRASÍLIA

Medida provisória dá nova esperança para agilizar regularização fundiária, diz Mauro

Assessoria

Mauro Mendes e Jair Bolsonaro

Governador Mauro Mendes durante assinatura de MP do presidente Jair Bolsonaro; evento realizado em Brasília (DF)

O governador Mauro Mendes afirmou que a medida provisória assinada nesta terça (10), pelo presidente da República Jair Bolsonaro, dará uma nova esperança para as famílias que aguardam a regularização fundiária de suas propriedades rurais. A MP é uma reivindicação dos estados da Amazônia Legal, aos quais Mato Grosso faz parte.

Com essa MP, ficará mais simples, por exemplo, a análise para concessão de títulos das terras fato que poderá beneficiar, segundo o Governo Federal, cerca de 300 mil famílias que estão em terras da União.

“A regularização fundiária é um dos problemas mais antigos do Brasil e traz grande impacto para as pessoas que vivem no campo, da agricultura familiar e até para muitas atividades de médio e grande porte. É um problema que precisa ter uma abordagem diferente para que gere resultados diferentes para o bem do Brasil e milhares de famílias”, afirmou o governador, que participou do evento, em Brasília, nesta tarde, junto com a primeira-dama Virginia Mendes e do presidente do Intermat, Francisco Serafim.

Ainda de acordo com Mauro, a medida vai ao encontro do objetivo dos Estados, pois “ela bate de frente com alguns dos velhos problemas que emperram a regularização fundiária”.

“Ela traz uma esperança nova para que tantas e tantas milhares de famílias espalhadas em todo o Brasil possam ter uma nova perspectiva de ter, enfim, o seu título de propriedade garantido pela lei”, destacou.

A regularização fundiária, na avaliação do governador, é fundamental para o desenvolvimento sustentável da região amazônica. Para ele, um dos grandes problemas enfrentados pelo Estado, principalmente no que diz respeito ao crime ambiental, é identificar os culpados e autores dos delitos, pois muitas das áreas não estão regularizadas.

Outro aspecto positivo da regularização é a possibilidade de o proprietário poder financiar a própria produção, comprar equipamentos e investir de forma segura na propriedade.

Ainda segundo Mauro, em Mato Grosso, desde o início da atual gestão, já foram entregues mais de dois mil títulos de regularização fundiária de terras que eram pertencentes ao Estado. Para o primeiro quadrimestre de 2020, a previsão é de mais quatro mil títulos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Evitando nova polêmica com prefeito

mauro mendes curtinha 400   Mauro Mendes (foto) dá sinais de que pretende colocar um fim ao clima de conflito com Emanuel Pinheiro. Ao menos por enquanto. Uma semana depois de disparar críticas duras ao prefeito da Capital, levando ambos a trocar farpas e acusações, o governador foi perguntado, em dois momentos na...

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.