ECONOMIA

Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 16h:12 | Atualizado: 23/09/2020, 16h:30

EM 2019

MT registrou 6,7 milhões de raios em um ano; Energisa alerta sobre época de chuva

Reprodução

Descargas atmosf�ricas em MT

O Brasil, por ser o maior país da zona tropical do planeta, é o líder em incidência de raios no mundo, com cerca de 77,8 milhões de descargas a cada ano

Nos 141 municípios atendidos pela Energisa Mato Grosso, a distribuidora registrou em 2019, aproximadamente, 6,7 milhões de raios. O número cresce a cada ano e pode impactar diversos setores.  Se comparados os anos de 2018 e 2019, há um aumento de 141% no número de raios que atingiu o estado. O período de chuvas pesadas, acompanhado de ventos fortes e raios, se aproxima da região. De setembro a março, ou seja, da primavera até o final do verão, é conhecido como a estação das chuvas no Brasil. A concessionária alerta a população para o risco das descargas e como evitar acidentes.

Segundo estudo realizado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil, por ser o maior país da zona tropical do planeta, é o líder em incidência de raios no mundo, com cerca de 77,8 milhões de descargas para o solo a cada ano. 

“Os raios podem causar danos por meio de objetos metálicos, telefonia, antenas externas, redes de TV e internet via cabo. Vale alertar, que além dos raios, os temporais desta época do ano são acompanhados de fortes rajadas de ventos, o que traz um risco adicional a toda população. Os ventos, que muitas das vezes chegam a ultrapassar os 60 km/h, podem lançar objetos sobre as redes de energia, provocar a queda de árvores e galhos sobre carros e casas. É preciso ficar atento”, explica o gerente do Departamento de Operação da Energisa Mato Grosso, Fábio Lancelotti. 

Energisa

Centro de Opera��o Integrado da Energisa

 

Monitoramento do tempo  

O Grupo Energisa conta com uma ferramenta de Alerta de Situação Climática, denominada NetClima, que está presente em todas as unidades da empresa.  Ela realiza o monitoramento em tempo real de tempestades severas como chuvas intensas, rajadas de vento muito fortes, com abrangência nacional, o que possibilita às distribuidoras mobilizar suas equipes com antecedência para atender à população com mais agilidade.  

Além do sistema de monitoramento, desenvolvido pelo Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), em parceria com a Aneel e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o sistema elétrico conta também com equipamentos automatizados, que permitem manobras a distância, diretamente do Centro de Operação da distribuidora, garantindo mais agilidade na recomposição do sistema. 

Equipes preparadas 

Para enfrentar as emergências e minimizar os efeitos, a Energisa conta com o plano de contingência e treinamento das suas equipes. Este planejamento define as responsabilidades, de forma a orientar, facilitar, agilizar e uniformizar as ações necessárias para que a empresa atue com agilidade diante das situações adversas como tempestades, queda de árvores, erosões, dentre outras situações que causam impactos ao sistema elétrico. Em situações de contingência, a empresa reforça  o número de equipes em campo, incluindo manutenção pesada com caminhões com cesto aéreo. 

Anualmente as equipes passam por uma simulação para colocar em prática o Plano de Contingência. O objetivo é reforçar as ações do plano e avaliar o desempenho de todas as áreas envolvidas, diante de situações reais de emergência. Entre as ações do simulado estão o acionamento de todas as frentes de trabalho que devem executar as ações previstas no Plano, simulação de manobras pelo Departamento de Operações, simulação de perda de infraestrutura, perca do Centro de Operações, que monitora todo o sistema elétrico entre outras.   

A população deve também deve ficar atenta a cuidados importantes: em caso de tempestades, retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras.

Se estiver na rua, procure um lugar seguro e não se aproxime de cabos partidos. Em caso de urgência, entre em contato a Energisa pelas redes sociais, pelo aplicativo Energisa On, pelo site www.energisa.com.br ou pelo Call Center: 0800 646 4196.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...