ECONOMIA E AGRO

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro de 2020, 15h:43 | Atualizado: 21/02/2020, 17h:31

PROJETO APRIMORADO

Obra de revitalização da avenida 8 de Abril agora prevê pista de caminhada de 3,5 km

Mayke Toscano Secom-MT

Obra C�rrego 8 de Abril

Obras de revitalização da avenida 8 de Abril e do córrego Mané Pinto estavam paralisadas desde 2014 e foram retomadas em junho do ano passado

Os moradores da avenida 8 de Abril (e de seu entorno), no bairro Porto, em Cuiabá,  terão à sua disposição uma pista para caminhada em toda a sua extensão, de aproximadamente 3,5 km. A construção da pista foi encorporada às obras de revitalização da avenida e do córrego Mané Pinto, que corta toda a via. Os trabalhos no local foram retomados em junho do ano passado após quatro anos de paralisação e têm conclusão está prevista para o segundo semestre deste ano.

“Houve alguns ajustes no projeto, porque o governador Mauro Mendes visitou o local e nos recomendou a construção de canteiros e arborização”, explicou o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e Silva. 

O secretário explica ainda que a revitalização do córrego contornado pela Avenida 8 de Abril não é apenas uma obra de conservação. “Sua importância está no fato dela ter o coletor tronco da sub bacia do córrego Mané Pinto, que irá receber o esgoto de toda a região do Jardim Cuiabá, Jardim Cuiabá II, Pólvora, Independência e Goiabeiras”.

A obra foi projetada para a Copa do Mundo de 2014, quando se pensou em urbanizá-la para que os visitantes não tivessem a visão do esgoto que corre dentro do córrego e deságua diretamente no rio Cuiabá. “Por isso, foram colocados os coletores troncos para a recolher o esgoto, a ser lançado na Elevatória da Prainha e, em seguida, tratado na Estação Dom Aquino”, explicou Marcelo de Oliveira.    

Segundo ele, todas as rotatórias terão lajes e paisagismo, enquanto no canal (córrego Mané Pinto) será aplicada uma massa resistente para evitar infiltração em suas paredes, e consequentes quedas, como já aconteceu antes da atual retomada das obras.

“Neste momento, estamos adequando a geometria das rotatórias, já que todas elas terão uma superestrutura. Aquele buraco, que se via antes, deixará de existir. A rotatória da (avenida) Senador Metello e da (rua) Ranulfo Paes de Barros já estão prontas”, diz. 

Ele explica que ainda neste mês de fevereiro será iniciada a adequação da rotatória da rua Togo Pereira, enquanto a da rua Barão de Melgaço, nas vizinhanças do Mercado do Porto, terá suas vigas concretadas.  “A expectativa é de que no mês de março concretemos a sua laje, que será circular. Vai ficar maravilhosa”, garante.

Marcelo de Oliveira explica que não será possível plantar árvores na calçada, a ser usada como pista de caminhada, em toda a extensão da avenida. “Se fizermos isso, suas raízes irão se expandir, podendo derrubar as paredes do canal. Por isso, a opção pelos arbustos, cujas raízes são rasas, não oferecendo este tipo de risco”, conclui.

Mayke Toscano Secom-MT

Obra C�rrego 8 de Abril

A recuperação do córrego ainda é rescaldo das obras da Copa do Mundo que se arrastam até hoje; valor do contrato até a retomada era de R$ 26,7 milhões

Obra da Copa

A revitalização do Córrego Mané Pinto, na Avenida Oito de Abril, é uma obra de 2012, lançada visando a melhoria da região do bairro do Porto para a Copa de 2014, na qual Cuiabá foi uma das sedes. Até 2019, 67,3% dos serviços previstos em projeto haviam sido concluídos.

No ano de 2018, o contrato com construtora responsável da obra acabou sendo rescindido pelo não cumprimento do cronograma de execução. Porém, este ano, por decisão judicial, o rompimento foi suspenso e a construtora reassumiu os trabalhos. A ordem de reinício dos serviços foi emitida à empresa dia 5 de junho de 2019. O valor do contrato até a retomada foi de R$ 26,7 milhões.

(Com assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PL quer suspender dívidas das cidades

max russi curtinha 400   Ex-prefeito de Jaciara, o deputado Max Russi (PSB) apresentou projeto que visa suspender os pagamentos das dívidas dos municípios com o Estado, durante o período de calamidade pública que foi decretado pelo governo por causa da pandemia do coronavírus. Max ressalta que MT não deve...

Articulação pra tentar voltar ao Procon

gisela simona 400 curtinha   Com adiamento e ainda sem nova data para a eleição suplementar ao Senado, Gisela Simona (Pros), que se afastou do Executivo para concorrer ao pleito, quer retornar ao cargo de secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon), vinculado à secretaria...

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.