ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 21 de Maio de 2020, 18h:15 | Atualizado: 21/05/2020, 18h:15

APESAR DE QUEDA

Oeste mato-grossense assume liderança no confinamento de bovinos neste ano

Reprodução

Confinamento de bovinos

O próximo levantamento deve ser realizado em julho e deverá apresentar um cenário mais concreto sobre quantos animais deverão ser confinados de fato

Apesar de redução no total de animais confinados, levantamento aponta que 168,4 mil animais deverão ser terminados no cocho este ano. A região Oeste deve liderar o confinamento de bovinos este ano em Mato Grosso. De acordo com o 1º levantamento realizado pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), 168.400 animais deverão ser confinados este ano, segundo os produtores da região, o que representa 29% do total no Estado, estimado em 577.550 animais. Até ano passado, o centro-sul liderava o ranking estadual.

Apesar da liderança este ano, expectativa deste ano é que haja uma redução de 14,5% no número de bovinos engordados no cocho em comparação com 2019, quando 197.076 animais foram confinados no oeste do Estado. Ainda de acordo com o levantamento, devido a redução da capacidade estática, a taxa de ocupação deverá ser de 99% na região.

Muitos produtores estão cortando o milho para fazer volumoso e ração e em algumas propriedades a soja também dá lugar para recria

Produtor Luciomar Machado

Os fatores que estão influenciando a maior cautela dos produtores são o custo do animal, a instabilidade decorrente da pandemia pelo novo coronavírus e os custos dos insumos.

Para o produtor da região e diretor da Associação Campos do Guaporé, Luciomar Machado, o avanço da agricultura no oeste do estado tem estimulado os pecuaristas e facilitado a manutenção dos confinamentos. “Muitos produtores estão cortando o milho para fazer volumoso e ração e em algumas propriedades a soja também dá lugar para recria. Outra característica é o crescimento dos semiconfinamentos devido ao aumento da disponibilidade de milho”, afirma o produtor.

Luciomar Machado, porém, também destaca que apesar do volume expressivo de animais confinados, a alta nos custos de produção e o preço “apertado” do boi gordo está segurando um crescimento ainda maior. “As indústrias estão travadas na região e, apesar do desenvolvimento oriundo da agricultura, a integração também requer mais tecnologia, o que eleva o custo de produção”, detalha.

A produtora de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 521 km de Cuiabá) Larissa Zem explica o planejamento no início do ano era aumentar o número de animais confinados, mas com a pandemia do novo coronavírus e considerando o preço do boi magro e da arroba, a conta não fecha. “Não vamos confinar para ter prejuízo. Por isso devo engordar somente os animais que já temos na fazenda”. A produtora disse ainda que, devido à produção de milho e de sorgo, o custo na propriedade é relativamente menor porque já tem parte dos insumos.

O Imea destaca exatamente isso em seu relatório. “Os custos com aquisição de animais e insumos para suplementação estão em alta, o que levou à maior cautela dos confinadores este ano. Além disso, também foi citado o menor consumo de carne bovina no mercado doméstico, devido ao coronavírus”, detalha o levantamento. Ainda segundo o estudo, uma contrapartida vem do mercado externo que está com a demanda aquecida, o fator que tem sustentado as cotações futuras.

O próximo levantamento deve ser realizado em julho e deverá apresentar um cenário mais concreto sobre quantos animais deverão ser confinados de fato este ano.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.