ECONOMIA

Segunda-Feira, 18 de Maio de 2020, 11h:05 | Atualizado: 18/05/2020, 12h:41

NEGOCIAÇÃO DO CENTRÃO

Pecuaristas de MT emitem nota de apoio à permanência de ministra da Agricultura

Reprodução

Ministra Tereza Cristina e o presidente Jair Bolsonaro

No cargo desde o início de 2019, a ministra Tereza Cristina vê o MAPA entrar na pauta de negociações do presidente Bolsonaro com o Centrão

Definida pelo presidente de Sindifrigro como “uma guerra da humanidade contra um mal desconhecido”, a situação do enfrentamento à covid-19 tem evidenciado as fragilidades do Governo Federal em administrar questões políticas. Com a saída de três ministros em um mês, o setor do agronegócio pode perder uma das mais importantes para a categoria no governo de Jair Bolsonaro: a ministra da Agricultura e Abastecimento, Tereza Cristina.

Em nota, o presidente do Sindifrigo, Paulo Bellincanta, lamenta a crise sanitária que já se tornou política e econômica e acredita que “não podemos nos dar o luxo de perder nossos valorosos generais”, se referindo à ministra que tem se mostrado insatisfeita no cargo.

Reprodução

Paulo Bellincanta

Paulo Bellincanta é presidente do Sindifrigo e assina nota pela continuidade da ministra

Os rumores de uma possível saída de Tereza Cristina levaram entidades do setor em todo o país a publicar um manifesto de apoio à permanência da ministra.

O Sindifrigo, que representa a pecuária de Mato Grosso, divulgou nota afirmando que “Tereza Cristina é uma unanimidade entre nós do agronegócio”. Fala ainda em “total confiança” e o setor se diz solidário às preocupações da ministra.

O maior incômodo, que pode levar a mais uma troca de ministério, é a ampliação do espaço que o Centrão tem conquistado junto ao presidente Bolsonaro. De Mato Grosso, os deputados federais Emanuelzinho (PTB) e Neri Geller (PP, e os senadores Wellington Fagundes (PL), Jayme Campos (DEM) e Carlos Fávaro (PSD) fazem parte do bloco que negocia cargos com o presidente.

O Centrão é formado por PP (40 deputados), PL (39), Republicanos (31), Solidariedade (14) e PTB (12). O PSD (36), o MDB (34) e o DEM (28) também costumam estar alinhados com o grupo, assim como partidos menores, incluindo PROS (10), PSC (9), Avante (7) e Patriota (6).

Além disso, a ministra estaria insatifeita com as crises diplomáticas provocadas pela indisposição de membros do governo com a China, que é o maior comprador de produtos brasileiros. Só em MT, 60% da produção de soja tem como destino o mercado chinês.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....