ECONOMIA E AGRO

Segunda-Feira, 18 de Maio de 2020, 11h:05 | Atualizado: 18/05/2020, 12h:41

NEGOCIAÇÃO DO CENTRÃO

Pecuaristas de MT emitem nota de apoio à permanência de ministra da Agricultura

Reprodução

Ministra Tereza Cristina e o presidente Jair Bolsonaro

No cargo desde o início de 2019, a ministra Tereza Cristina vê o MAPA entrar na pauta de negociações do presidente Bolsonaro com o Centrão

Definida pelo presidente de Sindifrigro como “uma guerra da humanidade contra um mal desconhecido”, a situação do enfrentamento à covid-19 tem evidenciado as fragilidades do Governo Federal em administrar questões políticas. Com a saída de três ministros em um mês, o setor do agronegócio pode perder uma das mais importantes para a categoria no governo de Jair Bolsonaro: a ministra da Agricultura e Abastecimento, Tereza Cristina.

Em nota, o presidente do Sindifrigo, Paulo Bellincanta, lamenta a crise sanitária que já se tornou política e econômica e acredita que “não podemos nos dar o luxo de perder nossos valorosos generais”, se referindo à ministra que tem se mostrado insatisfeita no cargo.

Reprodução

Paulo Bellincanta

Paulo Bellincanta é presidente do Sindifrigo e assina nota pela continuidade da ministra

Os rumores de uma possível saída de Tereza Cristina levaram entidades do setor em todo o país a publicar um manifesto de apoio à permanência da ministra.

O Sindifrigo, que representa a pecuária de Mato Grosso, divulgou nota afirmando que “Tereza Cristina é uma unanimidade entre nós do agronegócio”. Fala ainda em “total confiança” e o setor se diz solidário às preocupações da ministra.

O maior incômodo, que pode levar a mais uma troca de ministério, é a ampliação do espaço que o Centrão tem conquistado junto ao presidente Bolsonaro. De Mato Grosso, os deputados federais Emanuelzinho (PTB) e Neri Geller (PP, e os senadores Wellington Fagundes (PL), Jayme Campos (DEM) e Carlos Fávaro (PSD) fazem parte do bloco que negocia cargos com o presidente.

O Centrão é formado por PP (40 deputados), PL (39), Republicanos (31), Solidariedade (14) e PTB (12). O PSD (36), o MDB (34) e o DEM (28) também costumam estar alinhados com o grupo, assim como partidos menores, incluindo PROS (10), PSC (9), Avante (7) e Patriota (6).

Além disso, a ministra estaria insatifeita com as crises diplomáticas provocadas pela indisposição de membros do governo com a China, que é o maior comprador de produtos brasileiros. Só em MT, 60% da produção de soja tem como destino o mercado chinês.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Salgadinhos sim; caminhão pipa, não

humberto bolinha 400 curtinha   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingos, o Bolinha (foto), resolveu homologar na última segunda, 1º de junho, processo licitatório para contratar uma empresa com vistas a fornecer salgadinhos nas 11 secretarias municipais. Vão ser gastos com salgados R$ 21,7 mil. No mesmo dia, Bolinha...

Nepotismo e demissão na gestão Pátio

leandro junqueira 400   Acuado pela notificação recomendatória do Ministério Público Estadual, o prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, não teve outra saída senão exonerar a servidora Renata Castilho Moreno do cargo comissionado de gerente do Departamento de Engenharia e...

Candidatíssima à vereadora em Cuiabá

gisele almeida 400 curtinha   A apresentadora de TV, Gisele Almeida (foto), vai mesmo encarar o teste das urnas como candidata à vereadora em Cuiabá. Irmã do ex-vereador, ex-deputado e hoje conselheiro afastado do TCE, Sérgio Ricardo, ela não perde tempo nas articulações. Recentemente, recebeu no...

Quebra-cabeça para definir a chapa

eduardo botelho 400 curtinha   Eduardo Botelho (foto) está postergando ao máximo a definição dos nomes de sua chapa ao comando da Mesa Diretora. A eleição já acontece no dia 10, na próxima semana. Como 12 dos 24 deputados brigam por espaço, o presidente da Assembleia sabe que, ao final,...

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.