ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 01 de Setembro de 2016, 19h:36 | Atualizado: 02/09/2016, 15h:27

IBGE

PIB agropecuário cai 2% influenciado pelas perdas na produção de grãos

graos-variados.jpg

 Devido a clima, milho perdeu 20%, seguido de arroz (-14%), algodão (-11%), feijão (-9%) e soja (-0,9%)

O Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária teve uma queda de 2% no segundo trimestre deste ano em relação ao primeiro. Na comparação com o segundo trimestre de 2015, o recuo foi de 3,1%. Os dados foram divulgados nesta quarta (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da queda, no acumulado dos seis primeiros meses do ano, a atividade agropecuária registrou uma retração de 3,4%, ficando aquém da retração de 4,6% no PIB total do Brasil. Ao final de junho, o PIB agropecuário atingiu R$ 90,76 bilhões.

De acordo com o Instituto, a queda no setor se deve pelas perdas na produtividade das principais culturas em razão dos problemas climáticos na última safra de soja e, consequentemente, na de milho. De modo geral, o milho teve perda de 20,5%, seguido pelo arroz (-14,7%), algodão (-11,9%), feijão (-9,1%) e soja (-0,9%).

No primeiro levantamento da safra 2015/16, divulgado em outubro de 2015, a previsão de produção era de 213,4 milhões de toneladas, mas os últimos dados divulgados pela Conab apontam para uma safra de 188,1 milhões de toneladas, redução de 11,9%. A soja tinha uma estimativa inicial de 101,9 milhões de toneladas, mas com os problemas climáticos a produção caiu para 95,4 milhões.

O presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Corrêa Carvalho, explica que o agronegócio foi pressionado para baixo principalmente pela queda internacional dos preços das commodities e pelo câmbio menos atrativo. “Houve um tombo no câmbio que não estimulou (o setor)”, destacou, referindo-se à depreciação do dólar. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

Fernanda em almoço com Bolsonaro

fernanda 400 bolsonaro curtinh   A coronel Fernanda, candidata à senadora pelo Patriota, almoçou com Bolsonaro nesta sexta, em uma fazenda, em Sorriso. A militar foi a única que teve o apoio declarado do presidente na eleição suplementar ao Senado que acontece em 15 de novembro. Mais cedo, por volta das...

Prefeita cobra duplicação e ferrovia

rosana_curtinha   A prefeita de Sinop Rosana Martinelli aproveitou a visita do presidente Jair Bolsonaro na Capital do Nortão para cobrar uma solução para a duplicação da BR-163, sob concessão, e também pediu empenho na Ferrogrão e a implementação de porto seco na cidade. O...

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.