ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 14h:45 | Atualizado: 16/01/2020, 14h:58

posicionamento de bolsonaro

Produtores de MT não temem prejuízos com suspensão de exportações para o Irã

Rodinei Crescêncio

Antonio Galvan

O presidente da Aprosoja Antônio Galvan, que concordou com posicionamento de Bolsonaro

Apesar do Irã ter suspendido as importações de carne, soja e milho brasileiros na última semana, os produtores de soja em Mato Grosso avaliam que diante da alta demanda pelas commodities no Mundo, o Estado não terá dificuldade para encontrar um novo mercado em breve. De janeiro a novembro de 2019, Mato Grosso exportou mais de US$ 738 milhões para o Irã.

A decisão do país foi uma forma de retaliação ao Governo Brasileiro por ter apoiado os Estados Unidos em relação aos ataques feitos no início de janeiro. Com a medida, o Irã suspendeu as negociações que somam mais de US$ 2,2 bilhões por ano em relação ao Brasil. Quanto a Mato Grosso, o país se situa como o 3º maior mercado consumidor da produção agropecuária.

“Como a demanda está muito aquecida, talvez não tenha impacto em curto prazo, pois é possível facilmente remanejar esse produto para outros mercados. O Irã sempre foi um grande parceiro do Brasil, agora não tem como em sã consciência e, nossa constituição é clara, apoiar atos terroristas. A única declaração que o presidente Jair Bolsonaro fez, e eu concordo com ele, é ser contra atos terroristas”, afirma Antônio Galvan, presidente da Aprosoja.

Galvan pondera que não se pode confundir as relações comerciais entre os dois países e o problema do terrorismo, que segundo o dirigente da Aprosoja, permeia algumas áreas daquela nação. “Não se pode condenar uma população inteira que demanda alimentos. Não estamos falando aqui que a população é terrorista. Não se pode dizer que não vamos vender e a população passar fome. Alimento é uma coisa sagrada”.

Há duas semanas a relação entre EUA e Irã está tensa após as forças armadas norte-americanas terem assassinado o ministro Qasem Soleimani, que era general e membro do primeiro escalão do governo iraniano. Após o atentado, uma série de medidas econômicas vem sendo tomadas, principalmente, retaliações comerciais feitas tanto pelo EUA quanto pelo Irã, o que tem atingido países aliados de ambos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

Grupo de EP e Kleber pra marketing

kleber lima 400 curtinha   O grupo do prefeito Emanuel Pinheiro decidiu abrir diálogo com o jornalista e marqueteiro Kleber Lima (foto), visando o pleito de outubro. Não há mais resistência a uma possível contratação de Kleber, independente de quem o grupo lançar ao Palácio Alencastro,...

Prefeito coloca secretarias em alerta

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) colocou em estado de alerta a Defesa Civil e as secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos por causa da chuva torrencial que caiu neste sábado em Cuiabá. Em vários locais, inclusive na região central, como em frente à praça...

Jovem prefeito à reeleição e os Maia

gustavo melo 400 curtinha   Em Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), o mais jovem dos 141 prefeitos mato-grossenses - completa 36 anos no próximo 26 de junho -, está disposto a buscar a reeleição pelo PSB. Mas carrega forte desgaste. O que traz certo conforto para Gustavo é o fato de Maia Neto, que comandou o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.