ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 09h:23 | Atualizado: 17/11/2019, 11h:09

PREVIDÊNCIA ESTADUAL

Reforma vai economizar R$ 6 bi, mas vão faltar R$ 25 bi para salvar contas - veja

Reprodução

reforma da previd�ncia

Confira, acima, qual é a estimativa do MT Prev em relação ao impacto da Reforma da Previdência em Mato Grosso

A proposta da reforma da previdência, que será encaminhada pelo governador Mauro Mendes (DEM) à Assembleia, aderindo feita pela União tem a perspectiva de gerar impacto de R$ 6,1 bilhões dentro de 10 anos.

Em tese, o valor deixará de ser gasto com a suplementação da conta previdenciária, cujo deficit financeiro estimado no acumulado de dez anos, até 2029, é de R$ 31 bilhões.

O secretário de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo é mais otimista em relação a esse valor, e acredita que o potencial econômico da reforma no Estado deve alcançar a cifra de R$ 9 bilhões.

O problema é que será apenas um paliativo para o saldo negativo que ainda será de R$ 25 bilhões, conforme MT Prev, se a Assembleia aprovar o projeto nos parâmetros da reforma promovida pela União. Nos cálculos de Gallo, o deficit se situará em R$ 22 bilhões. 

“A proposta tem uma potência fiscal nos próximos 10 anos de quase R$ 9 bilhões. Isso é muito significativo e de fato vai nos auxiliar a ter uma trajetória sustentável. Neste período, dos próximos 10 anos, será possível programar medidas adicionais, como implementar patrimônio material do Estado, fazer venda de imóveis e constituir o fundo previdenciário. A alteração de requisitos de aposentadoria são medidas emergenciais porque aliviam o caixa”, avalia o secretário.

Neste ano, a previdência estadual deve encerrar com deficit de R$ 1,3 bilhão, sendo que o Estado tem desembolsado em média R$ 115 milhões por mês para pagar os salários de aposentados e pensionistas. Para 2020, a previsão na LOA, que tramita na Assembleia, é que o deficit seja de R$ 1,4 bilhão.

Caso a reforma da previdência fosse aprovada ainda este ano, já em 2020, a previdência estadual sentiria efeitos positivos em seu resultado financeiro, e teria um resultado financeiro positivo de R$ 683 milhões. Até 2024, as contas ficariam equilibradas, com superávit próximo a R$ 335 milhões.

A partir de 2025, as contas do MT Prev voltaria ao vermelho, e faltariam pelo menos R$ 257 milhões para pagar os servidores inativos e pensionistas. Em 2029, o deficit chegará a R$ 3,1 bilhões, mesmo se a reforma for aprovada.

Vale destacar que o resultado positivo já no próximo ano seria influenciado pela efetivação de um único Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), englobando os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e órgãos constitucionais como o Tribunal de Contas, Ministério Público e Defensoria.

Rodinei Crescêncio

Oscarlino Alves

Oscarlino ressalta sacrifício dos servidores e diz que impacto não será tão significante

Na avaliação do dirigente do Fórum Sindical, Oscarlino Alves, a reforma da previdência não deve gerar a economia calculada pelo MT Prev. O servidor público aponta que, por ano, essa economia não deve passar de R$ 100 milhões, o que em tese, não é preponderante para a resolução do problema de defict financeiro e, ainda deve significar sacrifício dos servidores. "O governo não fala em formas alternativas para criar dinheiro novo, como reduzir os bilhões do incentivo fiscal", critica. 

Basicamente, o governo quer aumentar arrecadação para o Fundo Previdenciário por meio da majoração da alíquota de contribuição patronal e laboral. Os servidores passarão a contribuir com 14% ao invés de 11%, como praticado agora, e os poderes e órgãos com 28%. Outro aspecto da reforma é o aumento do número de idade para aposentar.

Hoje, em Mato Grosso, 7,2% dos aposentados tem menos de 45 anos, o que totaliza 2 mil servidores. A maioria, 33,36% tem entre 55 e 55 anos, somando 9,5 mil pessoas, e apenas 7% ou 2 mil tem acima de 65 anos. O MT Prev é responsável por pagar aposentadoria de 28.716 servidores.

Outra projeção considerada preocupante pelo Governo é que em 2023, o número de servidores inativos deve ultrapassar o número de ativos, sendo cerca de 41 mil aposentados ante 39 mil ativos, o que deve pressionar a previdência estadual e gerar um deficit de R$ 2,4 bilhões naquele ano, caso permaneça como está.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • alexandre | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 16h22
    4
    0

    A reforma não vai atingir legislativo e judiciario, que são os maiores salários do Estado ?

  • alexandre | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 15h35
    2
    1

    O governo tem que pagar as moedas podres que colocaram no fundo, o governo faliu IPMAT, faliu FUNPREV, faliu MT PREV e a culpa é do servidor ? retoma o terreno da igreja e maçonaria.... isso é má gestão.

  • Aladir Leite Albuquerque | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 13h46
    6
    0

    Governo mentiroso e medroso! Mas um show pirotécnico. Ameaça a população, mas não tem coragem de atacar os Tubarões e Barões do Agronegócio. Aladir ex. Candidato a Senador por MT.

  • cidadao | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 12h14
    4
    0

    A redação ta truncada e não corresponde com a tabela. Pela tabela, se gastaria 31 bi e passará a gastar 6bi. Me parece que a tabela do meio é crédito, logo, não faltará 25bi, serão arrecadados 25bi (menos 31 previstos, resulta em 6 bi de débito)

  • Eleitor | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 10h35
    5
    0

    O judiciario e legislativo devem entrar nessa reformação tambem, não são melhores que os demais trabalhadores, pau que bate em francisco, tambem bate em chico. Todos iguais perante a lei

Matéria(s) relacionada(s):

Denúncia, psiquiatria e agora atestado

elizabeth 400 curtinha   Lotada como técnico-administrativo do RH do Hospital Metropolitano da Capital, Elizabete Maria de Almeida (foto), recorreu a um psiquiatra uma semana depois de registrar um BO e, sem apresentar provas, acusar o prefeito Emanuel de negociata, inclusive com dinheiro vivo para vereadores, com vistas a...

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.