ECONOMIA E AGRO

Quinta-Feira, 28 de Novembro de 2019, 16h:54 | Atualizado: 28/11/2019, 17h:02

AV. FERNANDO CORRÊA

Ricardo Eletro: decisão por desocupação é "equivocada" e débitos já foram quitados

Reprodução

RICARDO_eletro

Fachada da loja Ricardo Eletro, na Fernando Corrêa, que é alvo de imbróglio judicial em MT

A empresa Carlos Saraiva Importação e Comércio Ltda., proprietária da loja Ricardo Eletro, na avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá, afirmou, por meio de nota, que a desocupação imediata do imóvel, determinada pela Justiça neste mês, é "equivocada", já que o grupo afirma ter pago todos os débitos existentes após uma recuperação extrajudicial. Os valores teriam sido pagos a vista em agosto de 2019. 

A ordem de despejo contra a Ricardo Eletro é de julho deste ano, mas a desocupação imediata foi determinada em 22 de novembro. Através de manobras jurídicas, a empresa tentava anular a sentença alegando que estava em processo de recuperação judicial. 

No posicionamento, o grupo também lamentou a decisão tomada pela proprietária do imóvel e destacou que, ao longo de quase 17 anos, teriam cumprido com "todas a obrigações pontualmente". A empresa também informou que foi surpreendida pela decisão judicial. 

"Vale ressaltar que embora as partes estivessem em fase de negociação, inclusive, em reuniões presenciais, o Grupo Máquina de Vendas foi surpreendido com a execução de ordem de despejo, por parte da proprietária, que deixou de informar no processo judicial sobre a negociação extrajudicial entre as partes", diz trecho da nota. 

O grupo também protocolou uma defesa, onde apontam o "prejuízo imensurável que pode ocorrer caso o pedido de despejo seja deferido pelo Poder Judiciário sem a devida produção de provas". A defesa da proprietária do imóvel, composta pelos advogados Flaviano Taques e Marcelo Lucena, informou que já está tomando as medidas necessárias para a desocupação. “Não há mais prazos para serem cumpridos, somente a saída imediata”, afirmou Flaviano. 

De acordo com o advogado, a medida visa retomar o imóvel, uma vez que a Ricardo Eletro vem atrasando repetidamente o pagamento dos alugueis. Ainda conforme ele, também há vencimentos sem previsão de serem quitados que estariam prejudicando a dona do imóvel. 

Em agosto deste ano, a Ricardo Eletro também foi obrigada a desocupar um imóvel na rua 13 de Junho, em Cuiabá, por falta de pagamento dos aluguéis.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.