ECONOMIA E AGRO

Terça-Feira, 08 de Dezembro de 2015, 14h:25 | Atualizado: 08/12/2015, 17h:50

ECONOMIA

Satanizado, agronegócio é o que gera superávit, diz ex-ministro da Fazenda

Gilberto Leite/Rdnews

ciro gomes_gilberto leite (5).JPG

Pré-candidato a presidência, Ciro Gomes avalia que o Brasil é carregado nas costas pelo Centro-Oeste

O pré-candidato a presidente e ex-ministro da Fazenda, Ciro Gomes (PDT), que esteve recentemente em Mato Grosso, destacou que o agronegócio é quem sustenta a balança comercial, cabendo a região Centro-Oeste amenizar os impactos negativos da recessão.  

“O Brasil está sendo carregado nas costas pelo Centro-Oeste e com dificuldades. 40% do custo de produção mais competitiva do mundo são importados do estrangeiro. No Brasil não tem uma fábrica de fertilizante de Capital nacional, não tem nenhuma de defensores agrícolas”.

De acordo com o pedetista, a economia do país deve cair 3,5% e esta é a pior recessão da economia moderna.

Este número só não será maior devido ao agronegócio, sendo que somente Mato Grosso é responsável por 23% da balança comercial. Para Ciro, o “satanizado agronegócio é responsável por superávit”.

A situação é preocupante levando em consideração o fato de que, na opinião de Gomes, a economia brasileiro está sendo conduzida de maneira totalmente equivocada. “Acho que é um erro estratégico. Já temos desmoralizado este receituário com a crise de 2008. Eu me ponho crítico a este cenário neoliberal desde sempre, e em 2008 revelou-se a inconsistência deste modelo, não apenas aqui, mas no epicentro do capitalismo mundial que é o Estados Unidos e a Europa. Portanto, estamos requentando uma receita ruim, desmoralizada tecnicamente”, afirmou.

Ciro pontua ainda que assuntos como desemprego e a perda de compra com o salário, que estava fora do circuito há 12 anos, volta a ter centralidade num momento também em que não existe sanidade fiscal, ou seja, a saúde das contas públicas não guarda menor coerência com os fatos.

Outro ponto preocupante seria os gastos com o pagamento de juros por parte do governo federal que, não tem dinheiro para nada, mas gastará R$ 380 bilhões com juros. “É um rigoroso contra senso”.

Além disso, a situação é agravada com a crise política entre Executivo e Legislativo, porém, Ciro ainda acredita ser possível reverter o quadro de instabilidade econômica. “Com o cenário que nós temos, tendo o Congresso no centro desta crise política, sendo ungido pela paralisia de uma crônica de delegacia de polícia, tenho proposto alguns caminhos que não dependem do Congresso”.

Duas ações podem ajudar o governo a sair definitivamente da crise até junho do ano que vem. Na opinião de Ciro, uma das ações já foi tomada à revelia do próprio governo que é a desvalorização cambial. Com este fator, a União reduz “o buraco na conta do Brasil com o estrangeiro em 90 dias”. 

Outra medida que defendida por Ciro que independe do Congresso e ajudar o país sair da crise seria a redução de dois pontos percentuais nos juros, saindo de 14,25% para 12,25%. Segundo ele, esta diminuição não impactaria a inflação e até o meio junho de 2016 o país estaria livre dos problemas econômicos. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Cidadão | Quarta-Feira, 09 de Dezembro de 2015, 10h19
    3
    2

    E grande coisa hoje é Tasso!!!

  • irineu | Terça-Feira, 08 de Dezembro de 2015, 15h08
    3
    6

    Vai levar pau de novo. E um político maria vai com as outras. Depois que rompeu com Tasso ficou banalizado. Vai a lugar nenhum.

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.