ECONOMIA E AGRO

Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020, 14h:57 | Atualizado: 12/08/2020, 15h:07

Saúde

Sinfra divulgará vencedor de licitação do novo hospital Julio Muller; 7 na disputa

Mais de 6 anos após paralisação, o resultado da licitação para a retomada das obras do novo hospital Universitário Júlio Müller será divulgado nesta quinta (13) pela secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). A licitação ocorre na modalidade RCDI (Regime Diferenciado de Contratação Integrada) e a comissão de licitação avalia 7 propostas apresentadas e a vencedora é responsável pela elaboração do projeto básico e também pela execução da obra que movimenta R$ 11,6 milhões, sendo R$ 96 milhões de recursos federais e o restante pelo Estado.

De acordo com secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o RDCI traz o instrumento de “orçamento sigiloso”, no qual o valor de referência para a continuidade da obra somente será revelado ao final do certame. A divulgação do resultado acontecerá durante sessão pública, às 11 horas, pelo sistema do Comprasnet, do governo federal.

O procedimento de RDC é polêmico e foi instituído na época das obras para a Copa de 2014, entre as quais constava a entrega da obra do HUJM, iniciada em 2012 e que até o momento está com apenas 9% concluída. A contratação via RCD visa dar mais agilidade e desburocratizar as contrações para obras públicas. À época, grande parte das obras da extinta Secopa foram pela modalidade por permitir a contratação sem apresentação do projeto básico e executivo.

O secretário garante que todo o procedimento tem sido rígido em relação ao cumprimento da legislação. "Estamos realizando esse processo rigoroso porque não queremos que uma empresa aventureira ou que não tenha compromisso e know-how assuma essa obra”, afirmou.

Durante a sessão de julgamento das propostas, as interessadas poderão ainda apresentar intenção de recurso contra a pontuação e avaliação atribuída pela Comissão de Licitação. Aquelas que não se manifestarem ainda na sessão pública perderão esse direito. 

Secom-MT

Hospital Julio Muller

Estrutura

O anteprojeto, que foi elaborado pela UFMT e analisado pela Sinfra, mantém a concepção de hospital-escola e prevê a construção de oito blocos para atender as áreas assistenciais, de internação, nutrição, administrativa, entre outras. A unidade será um dos maiores hospitais universitários do Brasil, com 58,5 mil metros quadrados somente de área construída.

Ao todo, o hospital contará com 228 leitos de internação, 68 leitos de repouso e 63 leitos de UTIs, sendo 25 para adultos, 18 voltados a atender crianças (pediátrico) e 20 para recém-nascidos (neonatal). Além disso, o hospital contará ainda com 12 centros cirúrgicos, 85 consultórios, 45 salas de exame, 21 salas para banco de sangue e triagem e outras 53 salas administrativas.

Licitação teve 7 propostas 

Ao todo, foram 7 empresas interessadas, sendo 5 sob a forma de consórcio, que tiveram os preços propostos analisados pela secretaria. Apresentaram propostas o Consórcio HJZ/Saúde Cuiabá, o Consórcio HU Júlio Müller, o consórcio Jota/Ele/MBM, o Consórcio OTT/Endeal/Fiorentini, o Consórcio RAC/Enclimar/Engeluz/Geplan/RAAA, a Fator Towers OT Construções e Incorporações Ltda e a Porto Belo Engenharia e Comércio Ltda.

Vencerá a licitação quem apresentar maior pontuação (técnica e preço) e comprovar a habilitação técnica para execução da obra. Essa comprovação técnica, inclusive, corresponde à metade da avaliação realizada com cada interessada, como forma de valorizar a experiência, qualidade e capacidade de execução.   Isto porque, para a retomada da obra, a empresa ou consórcio ficará responsável pela elaboração do projeto básico e também pela execução da obra.

Uma vez conhecida a empresa ou consórcio vencedor, já será possível a emissão de ordem de serviço e ele  já poderá iniciar as frentes de trabalho no complexo, que está localizado no KM.16 da rodovia Palmiro Paes de Barros, entre a Capital e Santo Antônio de Leverger (32 km de Cuiabá).

As obras começaram em 2012 e estavam sendo executadas pelo consórcio Normandia/Phoenix/Edeme, formado pelas empresas Normandia Engenharia Ltda., Construtora e Incorporadora Phoenix Ltda. e Edeme Construções Civis e Planejamento Ltda.

Em 2014, ano previsto para a conclusão da obra, os serviços foram paralisados e, posteriormente, o contrato foi rescindido pelo não cumprimento do cronograma. Apenas 9% do projeto havia sido executado. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.