ECONOMIA E AGRO

Sexta-Feira, 31 de Julho de 2020, 19h:22 | Atualizado: 31/07/2020, 20h:31

PARANATINGA EM FOCO

Veja aponta Estado como epicentro de desmate ilegal e implica frigoríficos locais

Mayke Toscano/Gcom-MT

Desmatamento

Mayke Toscano/Gcom-MT

Desmatamento

O município de Paranatinga (376 km da capital) é citado em reportagem da Revista Veja como “um dos epicentros da destruição da Amazônia” no país. Considerada “terra de fazendeiros criminosos”, algumas propriedades no município ainda seriam fornecedores de frigoríficos da JBS, a Marfrig e a Minerva, empresas que já apareceram em denúncia semelhante no jornal britânico The Guardian, essa semana.

A reportagem intitulada “Os 10 fazendeiros que mais desmataram a Amazônia nos últimos meses”, traz levantamento das multas aplicadas entre agosto de 2019 e julho de 2020 e afirma que só 3% das infrações emitidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) são cobradas.

Um dos casos citados é o da Fazenda Cristo Rei, propriedade do pecuarista Edio Nogueira, próxima ao Parque Nacional do Xingu em área reivindicada na Justiça pela etnia indígena Ikpeng. A Fazenda é citada pela Veja como “campeã de desmatamento da Amazônia” e teria sido flagrada por agentes do Ibama em 2018.

Segundo a investigação da Veja, a Agropecuária Rio da Areia, de propriedade de Nogueira, diz atender frigoríficos da JBS, Marfrig e Minerva.

A reportagem do procurou a JBS e Marfrig, por meio da assessoria de comunicação, que enviou a resposta dizendo que, apesar de citadas no site da agropecuária, a JBS e a Marfring não compram da fazenda.

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Albizia | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 11h45
    1
    0

    MEU PAI SEMPRE FALAVA QUE A FISCALIZAÇÃO DO DESMATAMENTO ILEGAIS E DO TRANSPORTE DE MADEIRAS SEMPRE INCOMODOU E INCOMODA A MAIORIA DOS POLÍTICOS E AQUELES QUE ANDAR NA ILEGALIDADE

  • Jocelma | Sábado, 01 de Agosto de 2020, 07h45
    2
    1

    Mato Grosso é um paraíso da impunidade tratando-se de desmatadores de floresta. Estes parecem receber respaldo de políticos, da polícia e da burocracia, reunindo até a justiça. Que vergonha!

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.