ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 18h:29 | Atualizado: 13/09/2019, 18h:36

MERCADO CONSUMIDOR

Abate de novilhas dispara 70% em MT

Assessoria

Daniella Soares de Almeida Bueno

A diretora-executiva da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Daniella Bueno

O abate de bovinos aumentou 16,8% no primeiro semestre deste ano na comparação com igual intervalo de 2018. Em Mato Grosso, o número de animais abatidos passou de 2,3 milhões para 2,7 milhões no período analisado. O aumento foi influenciado pelo incremento de 70,2% no número de novilhas abatidas, que passou de 331,8 mil para 565 mil cabeças. Os dados são da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE).

A diretora-executiva da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Daniella Soares Bueno, explica que o crescimento do consumo de carne bovina na China influenciou o aumento dos abates em Mato Grosso no primeiro semestre.

“A China tem uma peculiaridade, que é comprar carne de animais com até 24 meses. No Estado tem crescido o confinamento de fêmeas, porque ganham peso mais rápido e, com isso, facilita o abate precoce para atender esse mercado”, explica.

O abate de animais com até 24 meses ainda é discreto em Mato Grosso. Do total de 5 milhões de animais que são abatidos no Estado por ano, a minoria, 17%, têm menos de dois anos. A maior parcela dos abates tem idade entre 24 e 36 meses. Trinta e cinco por cento dos bovinos abatidos têm mais de 36 meses e são considerados animais velhos, e por isso, com menor valor de mercado. 

Enquanto o consumo de carne bovina precoce influência no aumento do número de novilhas com até 24 meses, o número de bois abatidos reduziu 8,5% no primeiro semestre de 2019 na comparação com igual período de 2018, baixando de 1,4 milhão para 1,3 milhão de cabeças.

De acordo com as Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro (Agrostat), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), nos oito primeiros meses deste ano, Mato Grosso exportou 19,5 mil toneladas de carne bovina para a China,  o que gerou a receita de US$ 97,1 milhões. O volume é 35,9% maior que o exportado de janeiro a agosto de 2018, que foi de 14,3 mil toneladas.

Um dos fatores que tem influenciado o aumento da demanda por carne bovina pela China e países asiáticos é a Peste Africana, que tem atingido os suínos asiáticos. Dados divulgados nesta sexta (13) pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), apontam que já foram abatidos este ano 5,9 milhões de suínos no continente. Como a carne suína é uma importante proteína na culinária asiática, a substituição por carne bovina tem influenciado a demanda daqueles países pelo produto brasileiro, principalmente, o mato-grossense.

A expectativa dos criadores mato-grossenses é que a demanda pela carne bovina aumente ainda mais nos próximos meses, principalmente, com a habilitação pela China de sete frigoríficos mato-grossenses para exportação. A questão que ainda pesa neste sentido é a expectativa de um melhor pagamento pela carne de animais precoces, com menos de 24 meses, cujo valor agregado é maior, motivado por maior custo da produção, já que são criados em sistema de confinamento. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.