ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 15h:44 | Atualizado: 22/05/2019, 15h:50

Ferronorte e outras

Bancada de MT defende autorização para União desenvolver contratos ferroviários

Assessoria

Wellington Fagundes

Senador Wellington Fagundes em discurso na tribuna do Senado Federal, nesta semana

O senador Wellington Fagundes (PR), que preside a Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura (Frenlogi),  aponta que a bancada mato-grossense apoiará o Projeto de Lei 261/18, que cria o processo de “autorização” por parte da União para desenvolver, de forma menos burocrática, contratos ferroviários. O comunicado foi feito ao ministro de Infraestrutura Tarcísio de Freitas, em audiência realizada ontem (21).

A medida está para análise da Comissão de Infraestrutura do Senado e, quando aprovada, permitirá à União agilizar o processo de desenvolvimento de importantes ferrovias para o escoamento da produção mato-grossense, como é o caso da Ferrogrão e da Ferronorte. Freitas agradeceu o empenho do republicano e dos parlamentares que integram a bancada do Estado.

Além de Wellington, estiveram na audiência o senador Jayme Campos (DEM) e os deputados Neri Geller (PP), coordenador da bancada de Mato Grosso no Congresso, e José Medeiros (Pode), vice-líder do Governo Jair Bolsonaro na Câmara. A reunião teve ainda a presença do presidente do Fórum Pró-Ferrovia, Francisco Vuolo.

“A autorização pode permitir maior agilidade no desfecho da Ferrogrão e na extensão da Ferronorte em direção a Cuiabá, e mais tarde em direção a Sorriso. Para nós, é muito importante que os senadores estejam sensíveis à questão”, acrescentou o gestor.

O processo de autorização é mais viável e ágil que o de concessões, para as ferrovias. E deve ser precedido de chamada ou anúncio públicos e, quando for o caso, de processo seletivo público. A necessidade de inclusão de ramal de conexão ou de acesso na faixa de domínio de administração ferroviária precedente não inviabiliza a outorga por autorização, no caso.

Além disso, a matéria tem como diretrizes principais “a promoção de desenvolvimento econômico e social, a expansão da rede e a modernização e atualização dos sistemas”, e busca otimizar toda nossa infraestrutura ferroviária, modernizar a gestão e estimular a concorrência inter e intramodal.

Extensão

Wellington defende a extensão da Ferronorte até Cuiabá, já que, atualmente, os trilhos do empreendimento – que liga Mato Grosso ao Porto de Santos, em São Paulo – se encontram em Rondonópolis, no Sul do Estado. Além da Ferronorte, o republicano defende a Ferrogrão, ligando Sinop a Miritituba, no Pará, e a Ferrovia de Integração do Centro Oeste (FICO), entre Água Boa e Campinorte, em Goiás, na extensão da Ferrovia Norte-Sul.

Para Francisco Vuolo, presidente do Fórum Pró-Ferrovia, “a vontade política de fazer a ferrovia avançar até a Capital e de Cuiabá subir ao norte do Estado (Lucas do Rio Verde) só engrandece o belíssimo trabalho feito pelo ministro e bancada”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

Prefeito de Tangará prepara sucessor

wesley torres curtinha tangara   Em Tangará da Serra, cidade pólo do Médio-Norte, o prefeito emedebista Fábio Junqueira, que está no segundo mandato, quer lançar à sucessão Wesley Torres (foto), diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). Em...

Ex-tucano histórico agora reforça PSB

aparecido alves curtinha   O ex-deputado por alguns meses e ex-presidente do Intermat na época do Governo Dante, Aparecido Alves, o Cido (foto), se filiou neste sábado ao PSB, um mês depois de ter deixado os quadros do PSDB, do qual era considerado militante histórico, inclusive desde a década de 1990. Sua ficha...

França vira Plano B do PSB a prefeito

roberto franca curtinhas   O PSB, comandado no Estado pelo deputado Max Russi, tinha esperanças de lançar a prefeito de Cuiabá o hoje presidente da Câmara Municipal, vereador Misael Galvão. Mas frustrou-se. O próprio Misael, governista de carteirinha e já comprometido com o projeto de...

MM cancela visita para evitar grevistas

mauro mendes curtinha   Precavido, Mauro Mendes cancelou de última hora a presença no encontro do PSB neste sábado, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. É que em um outro auditório, mas dentro do mesmo hotel, acontecia, em paralelo, o encontro estadual do PT e com participação de...

TCE livra delator de pagar R$ 412 mil

junior mendon�a curtinha   O delator premiado e encrencado com a Justiça em vários processos Gércio Marcelino Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça (foto), da Comercial Amazônia Petróleo, conseguiu perdão do TCE de R$ 412,5 mil, bem como de uma multa proporcional...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.