ECONOMIA E AGRO

Terça-Feira, 03 de Setembro de 2019, 19h:18 | Atualizado: 03/09/2019, 23h:13

IMEA

Com período de forte estiagem, produção de leite reduz e afeta lucro de produtores

Seagri-DF

Produ��o Leite

Com o atual cenário também reduziu em 6,97% o índice de captação de leite registrado

O preço médio pago pelo litro de leite aos produtores rurais se situou em R$ 1,09 no último mês, conforme o indicador do Imea. O valor é 6% menor que o praticado em julho de 2018, quando ficou em R$ 1,1/l. A remuneração além de estar menor acompanha outras variáveis que tem desfavorecido a produção de leite no Estado.  

De acordo com o Boletim do Leite publicado mensalmente pelo Imea, o custo de produção do leite está mais caro neste período de entressafra do que no ano passado e isso tem estreitado a margem de lucros dos produtores de leite no Estado.

“Em julho de 2019, no caso de um produtor que disponha de uma produtividade de 5,7 litros/vaca/dia (próximo da média de MT), fornecendo dois quilos de ração a um custo de R$ 1,19/kg, sua margem bruta (receita menos custo com ração) será de R$ 5,02/vaca/dia. Nota-se que, no comparativo com jul/18, este indicador recuou 15,63%, devido ao aumento no preço do milho no mesmo período, bem como à queda no preço do leite”, apontam os técnicos do Imea.

Com o atual cenário também reduziu em 6,97% o índice de captação de leite registrado pelo instituto, sendo que em julho foi a segunda baixa consecutiva. “No comparativo anual, a oferta de leite encontra-se 3,74% menor, em razão de que a seca neste ano está sendo relativamente mais intensa do que em 2018, em virtude do El Niño”, diz o relatório.

Em razão desse cenário pouco amistoso, um laticínio na região centro-sul optou por paralisar as atividades em junho e retornar a produção somente quando voltar o período de regularidade das chuvas.

“Cabe salientar que a menor oferta de leite neste ano em Mato Grosso também está associada com o fraco desempenho no mercado lácteo, que tem pressionado o preço do leite pago ao produtor, levando-o a postergar investimentos. Esta situação também afetou as finanças de outro laticínio na região médio-norte, que encerrou as atividades em jun/19. Em suma, com uma produção menor e preços estagnados, o produtor e a indústria estão com as margens apertadas”, pondera o boletim mensal do Leite.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.