ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019, 10h:27 | Atualizado: 11/04/2019, 10h:45

Polêmica

Presidente da Aprosoja cobra a revisão sobre destinação dos recursos do Fethab

O presidente da Aprosoja-MT Antonio Galvan voltou a cobrar a destinação correta dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), durante a feira Parecis Super Agro, em Campo Novo do Parecis,  nesta quarta (10). De acordo com ele, os produtores entendem que as áreas para as quais serão destinados 60% dos recursos do “Novo Fethab” são prioritárias, no entanto, há outras fontes de arrecadação específicas para essa finalidade.

Rodinei Crescêncio

Antonio Galvan

Antonio Galvan diz que, ao longo dos anos, o que se vê é a falta de gestão eficaz na aplicação dos recursos em MT

Diante de um público composto por produtores rurais, empresários e representantes de outras entidades do setor, Galvan reforça que a alteração na lei do Fethab – publicada em janeiro deste ano -, impacta de forma negativa o setor, já que apenas 30% dos recursos do Fundo serão utilizados para a destinação de origem. Ou seja, criado pela lei nº 7263/2000, o Fethab sempre teve como objetivo central o financiamento de planejamento, execução, acompanhamento e avaliação de obras e serviços de transportes e habitação.

 “São importantes as outras áreas? São. Não temos dúvidas disso. No entanto, ao longo dos anos, o que se vê é a falta de gestão eficaz na aplicação dos recursos, é isso que cobramos e vamos continuar o enfrentamento. O descontentamento é grande em todo o segmento. Passamos meses discutindo e tentando evitar que isso acontecesse, pois o setor já contribui e não estamos cobrando nada além do que é de direito”, disse Galvan.

O presidente elencou algumas rodovias estaduais que são de extrema importância para interligar os municípios daquela região e estão em condições precárias. Muitas fazem parte de relatórios feitos pela entidade por meio do Movimento Pró-Logística, que realiza anualmente o Estradeiro, fazendo um raio-x das vias. Segundo ele, além disso, há questões como a inviabilidade da produção de milho, por conta do Fethab. “Uma cultura na qual o produtor já tem margem negativa, com a cobrança do Fethab ficou ainda mais crítico. Precisamos retomar essa discussão ou a produção agrícola do Estado será toda comprometida”, disse.

Reclamou ainda do desgaste com o projeto que retira mais 10% de infraestrutura e logística, que fazem parte do MT Par, para colocar em outra área. A proposta já foi aprovada pelo Legislativo. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Desgaste no começo, lisura e entregas

emanuel pinheiro curtinha   A dedicação com que o prefeito Emanuel Pinheiro conduz a capital administrativamente e sem escândalo, coisa que se tornou raro nos executivos municipais, tem surpreendido lideranças até da oposição. Com a massificação do episódio do vídeo em que...

Selma diz não para "fio desencapado"

abilio junior curtinha   O emblemático vereador Abílio Júnior (foto), do PSC, iria lançar pré-candidatura a prefeito de Cuiabá esta semana, conforme ele próprio havia planejado. Só faltava um detalhe: apoio da senadora Selma Arruda, do PSL. Mas, na última sexta, ao ser perguntada sobre...

Recado do governador e a carapuça

junior fecomercio curtinha   Em comunicado oficial, o governador Mauro Mendes manda recado a alguns empresários, quando destaca que incentivos fiscais foram concedidos no passado a determinados setores de forma irregular, em troca de propina, confessada, inclusive, em delação premiada. O recado tem endereço certo:...

Elogios ao prefeito e à primeira-dama

julio campos curtinha   O ex-governador, ex-senador, ex-deputado e ex-prefeito várzea-grandense Júlio Campos (foto), um dos líderes do DEM, partido do governador Mauro, disse nesta quarta, em visita à sede do Rdnews, que é preciso reconhecer que o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro está fazendo uma...

Oposição tenta vencer pelo cansaço

L�dio Cabral curtinha   A oposição formada pelos deputados Lúdio Cabral (foto), Valdir Barranco - ambos do PT - e Wilson Santos (PT), que decidiu obstruir a pauta da Assembleia enquanto o Executivo não apresentar uma prosposta aos trabalhadores da educação, tentam vencer o presidente...

Boicote à audiência sobre Fethab Milho

Conduzida pelo deputado Ulysses Moraes, a audiência pública na Assembleia para debater a questão do Fethab Milho e a possibilidade de exclui-lo da taxação não aconteceu conforme o planejado por causa de boicote dentro da própria AL. A TV Assembleia, que costuma transmitir ao vivo esse tipo de debate, não o fez. Alegou que uma peça de transmissão estragou. De última hora, mudaram a sessão de local, de um...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.