ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 16h:56 | Atualizado: 07/02/2019, 17h:39

reivindicação

Em reunião, corretores reclamam da queda de honorários e cobram melhorias

Divulgação

corretores Creci divulga��o

Corretores de imóveis e proprietários de imobiliárias  participaram da  reunião de trabalho

Um grande número de corretores de imóveis e proprietários de imobiliárias de Mato Grosso participaram da  reunião realizada por um grupo de profissionais do mercado imobiliário, no auditório do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci),   nesta semana, em Cuiabá.

O  grupo de trabalho foi criado com o objetivo de discutir melhorias na profissão, com propostas e medidas que buscam  regramento jurídico, criação de expectativa de trabalho digna e rentável ligados as questões que envolvam o mercado e transações imobiliárias.

O  corretor de imóveis e coordenador da Frente Parlamentar do Mercado Imobiliário da Região Centro Oeste, nomeado pelo Cofeci,  Claudecir Contreira, coordenou os trabalhos.  A construtora Plaenge  também participou da reunião.

Um dos assuntos em pauta  foi a  queda dos honorários   Plaenge. A empresa baixou, recentemente, em 40% o ganho do corretor de imóveis nas vendas.

Em reunião realizada em dezembro de 2018,  o grupo de trabalho  deu inicio a campanhas incentivando a presença do corretor de imóveis nas transações imobiliárias e o apoio dos corretores para os trabalhos de atualização da lei   que regulamenta a profissão. As sugestões da categoria serão levadas para o Cofeci e parlamentares federais.

“O que se tira de lição positiva e propositiva é que pela primeira vez na história recente os corretores estão muito mais envolvidos com questões políticas de organização da classe”, concluiu Contreira.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luzinete Izadora | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 19h23
    1
    1

    Corretores de imóveis se unem para protestar contra as construtoras que pensam em baixar comissão de 5% que está regido pela lei

Matéria(s) relacionada(s):

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.