ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 15h:24 | Atualizado: 12/08/2019, 15h:29

projeto econômico

Empresa de celulose prevê investimentos de quase R$ 10 bilhões em Alto Araguaia

Mayke Toscano

Mauro Mendes e Euca Energy

Mauro Mendes durante reunião, em que foi entregue licença prévia para Euca Energy 

O Governo, por meio da Sema, entregou a licença prévia para instalação em Mato Grosso de uma indústria de celulose que será instalada em Alto Araguaia. O projeto econômico da Euca Energy prevê investimentos de quase R$ 10 bilhões e milhares de empregos diretos e indiretos.

“Sem dúvida o maior empreendimento privado em curso hoje no Brasil, uma demonstração de que os investidores estão acreditando no Estado de Mato Grosso. Em tempo recorde a secretaria conseguiu tramitar corretamente todo o processo de licenciamento para que eles possam prosseguir com as outras etapas para a implantação. Serão mas de 2 mil empregos diretos e milhares de empregos indiretos gerados em toda a região”, comemorou o governador Mauro Mendes.

O governador ainda destacou o crescimento que a indústria de celulose trará para a região sul do Estado. “Será um grande polo de desenvolvimento que atrairá outros tipos de empresas que irão agregar a este projeto. A partir do momento que esta fábrica começar a ser construída, com certeza terá uma nova perspectiva, muda a realidade desta região, que já é tão importante e ganha mais este empreendimento”.

Esse tipo de empreendimento passa pelo processo mais complexo existente na legislação ambiental vigente, explica a secretaria de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti. “São ouvidas diversas entidades e a sociedade. O projeto passa por análises, por consulta pública, por avaliação do corpo técnico multidisciplinar e só depois a licença é de fato entregue e concedida ao empreendedor”.

No caso da licença prévia para a indústria de celulose o processo foi analisado por oito técnicos da Sema e submetido ao Conselho Estadual de Meio Ambiente, que é composto por 27 membros da sociedade, onde foi debatido. “Esse processo democrático de estudo aprofundado é que dá a garantia de que estamos concedendo a licença ambiental após a análise rigorosa da observância dos critérios legais e técnicos. Esses critérios vão orientar a construção, instalação e operação, que são as fases seguintes após a avaliação da viabilidade ambiental do empreendimento”.

A Sema prima pela conciliação do desenvolvimento econômico e social com o aspecto ambiental e a conservação dos recursos naturais da região. “Indústria com tecnologia avançada são essenciais para que a gente possa contabilizar os interesses. No caso desse empreendimento a tecnologia mostrada é de ponta e tem preocupações com aspectos ambientais que envolve a produção da celulose e também vai fomentar o reflorestamento no estado de Mato Grosso que é um dos nossos objetivos tratados na estratégia PCI”, afirma Mauren.

É uma região mais alta, mais fria, onde o eucalipto se desenvolve mais e a produtividade é maior

Gilberto Goellner

O presidente da Euca Energy, Gilberto Goellner, explicou que Alto Araguaia tem a condição ideal de receber o empreendimento por questões energéticas, água, confluência de mais dois estados, logística ferroviária e rodoviária. “O estado de Mato Grosso é apropriado para uma indústria de celulose e o município de Alto Araguaia está a uma distância média de 80 km dos locais de plantio. É uma região mais alta, mais fria, onde o eucalipto se desenvolve mais e a produtividade é maior. Nestas condições o ciclo de fornecimento do eucalipto, que é de 7 anos chega a ser reduzido para seis e com alto potencial de desenvolvimento da madeira.

O empresário citou a preocupação com toda a questão ambiental. “Hoje a necessidade é de comprar ou arrendar 300 mil hectares onde plantaremos 180 mil hectares, visando o aproveitamento médio de 60% desta área. 40% será deixado para reserva. Nosso projeto abrange essa preocupação com a preservação. Com essa licença prévia temos condições de nos apresentar ao mercado internacional e atrair empresas que tenham interesse no país, visto que o Brasil é o melhor local para produzir eucalipto, celulose”.

O diretor da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira, destacou que a importância de grandes empreendimentos é o efeito irradiado que eles causam “Esse investimento de quase R$ 10 bilhões vai alimentar muitas outras cadeias produtivas, como o setor de base florestal, de energia, vai demandar muita logística contratar muita mão de obra. Essas grandes indústrias quando são atraídas para o estado causam um efeito na economia do município e da região. É um projeto que terá um grande impacto econômico e ambiental positivo para a sociedade de Mato Grosso”.

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo Melo, destacou a importância do projeto para a região. “Estamos na porta de entrada do Estado, inserido no vale do Araguaia, em um ponto privilegiado, temos ferrovia. Esse empreendimento vem de encontro com os interesses públicos e econômicos de nosso município e da região e para o estado de Mato Grosso, é uma nova matriz econômica que surge no estado. Um investimento deste tamanho abre os olhos de investidores para o nosso estado”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.