ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 08 de Agosto de 2019, 19h:16 | Atualizado: 08/08/2019, 19h:22

DEBATE NO CONGRESSO

Gallo diz preferir compensação ao estilo FEX do que taxar agro como quer Guedes

Rodinei Crescêncio

Rog�rio Gallo

O secretário Rogério Gallo, da Sefaz, durante coletiva à imprensa, na tarde desta quinta

O secretário de Fazenda (Sefaz) Rogério Gallo avalia que a discussão que tem sido pautada pelo ministro da Economia Paulo Guedes no Congresso Nacional, de acabar com a Lei Kandir e liberar os Estados e municípios para taxar o agronegócio, é uma medida que provocará prejuízos a produção agrícola de modo geral. Gallo defende que a União continue mantendo o modelo de compensação como vem ocorrendo com o FEX.

“Esperamos que haja bom senso do Governo Federal. Seria um debate muito ruim para a produção de um modo geral. Nós entendemos que o caminho seria o que a Constituição fala, que é a União retirar de seu orçamento recursos para compensar os Estados exportadores. Esperamos encontrar uma proposta coerente, crível do Ministério da Economia para a regulamentação da Lei Kandir”, pondera.

Gallo diz que o Estado não trabalha com a hipótese da taxação das exportações, com a justificativa de que a medida não contribuiria para o cenário macro-econômico brasileiro. “Porém se for essa a decisão do Congresso Nacional, nós vamos respeitar”.

Nesta semana, o governador Mauro Mendes (DEM) esteve em Brasília para uma reunião dos governadores com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entre as pautas discutidas esteve o fim da Lei Kandir.

A medida, apesar de ser um sinal de salvação para a economia dos Estados e municípios exportadores, teria grande dificuldade de passar na Câmara, onde a bancada ruralista é a mais forte, com 200 membros compondo a Frente Parlamentar da Agropecuária.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Morre presidente do Grupo Barralcool

petroni barralcool curtinha 400   Morreu neste sábado, em Cuiabá, aos 88 anos, o diretor-presidente do Grupo Barralcool, João Nicolau Petroni (foto). Ele foi um dos pioneiros no setor sucroenergético do Estado e o primeiro presidente do Sindicado das Indústrias Sucroalcooleiras de MT (Sindalcool). Era...

Abracrim cita arbitrariedade na SESP

michelle marrie abracrim curtinha 400   Michelle Marrie (foto), presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado, contesta a nota em Curtinhas entitulada "Secretário, Abracrim e saia-justa", sobre o fato de uma advogada ter se infiltrado na coletiva à imprensa concedida pelo...

Governo monitora crise na segurança

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro monitora de perto a crise instaurada no setor de segurança devido à operação desencadeada na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, para acabar com regalias de presos "da pesada", que comandam o crime organizado de dentro das celas. Houve...

Faissal se licencia e Oscar assume vaga

oscar_curtinha_400   O deputado estadual de primeiro mandato Faissal Calil (PV), a partir de quarta (21), vai se licenciar por 4 meses. Assim, dará lugar para o retorno do ex-deputado Oscar Bezerra (foto), que disputou à reeleição no ano passado, sem sucesso. Oscar, que tem base eleitoral em Juara, teve 11.827 votos e...

Fora do Podemos e dando pitacos

marcelo_curtinha   O presidente do Podemos-MT, José Medeiros, se diz surpreso com as declarações do adjunto de Turismo da Capital Marcelo Pires, que se posiciona contra a filiação de Niuan no partido. O absurdo disso é que Marcelo sequer é filiado e muito menos militante. Só participou de uma...

Melhorias refletem no Mutirão Fiscal

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) está empolgado com a intensa procura dos contribuintes para negociação de dívidas municipais e ficou mais animado quando tomou conhecimento dos comentários de muitos, inclusive daqueles menos favorecidos, que estão indo à Arena Pantanal,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.