ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 17h:40 | Atualizado: 24/05/2019, 17h:49

nova pesquisa

Neste mês, a intenção de consumo das famílias cuiabanas permanece em baixa

Rdnews

VENDAS

Centro-Oeste é a única região do país onde as famílias ampliaram as intenções de compra

Depois da instabilidade nos últimos 13 meses do índice que monitora a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) na Capital, o mês de maio registrou o tímido crescimento de 3,1% sobre o mês anterior e de 4,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo 78,6 pontos. No entanto o indicador permanece em baixa, pois se situa abaixo de 100 pontos, em uma escala que varia entre zero e 200 pontos. Os dados são da pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada hoje (24), pela Fecomércio-MT.

Em todas as faixas de renda foi observada melhora do indicador, de 3,3% no mês e de 5,5% na comparação com maio de 2018, para as famílias que recebem até 10 salários mínimos, contabilizando 76,6 pontos. Nas que recebem acima disso, a expansão na intenção de consumo foi de 1,3% na variação mensal e de 0,8% na anual, chegando a 97,3 pontos.

O índice 100 pontos demarca a fronteira entre a avaliação de insatisfação e de satisfação do consumidor: abaixo de 100 pontos indica insatisfação enquanto acima de 100 indica o grau de satisfação em termos de emprego, renda e capacidade de consumo.

Regiões do país

Na pesquisa nacional, regionalmente, o Centro-Oeste aparece como a única região onde as famílias ampliaram as intenções de compra (+0,1%). A região Sudeste se destaca como a região com a maior queda (-3,4% no mesmo período).

A pesquisa revela ainda que só o componente Perspectiva Profissional apresentou retração no mês (-1,2%). O destaque positivo ficou para os componentes Emprego Atual e Perspectiva de Consumo, que apresentaram aumento de 5,2%, cada.

Ainda sobre a Perspectiva de Consumo, 59,4% das famílias entrevistadas afirmaram que, para os próximos meses, pretendem consumir menos do que no ano passado, 22,1% disseram que pretendem consumir mais do que no ano passado.

O índice desse componente atingiu 62,7 pontos em maio de 2019, contra 59,6 pontos no mês anterior e 55,6 pontos em maio do ano passado, registrando uma leve melhora nos últimos 13 meses. Mesmo assim, o índice está bem abaixo de 100 pontos, confirmando uma percepção de insatisfação por parte das famílias para o consumo.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

COT do Pari segue travado até 2020

padeiro_400_curtinha   A secretaria de Infraestrutura, sob Marcelo Padeiro (foto), determinou a criação de uma Comissão Técnica de Trabalhos para estudar detalhadamente o contrato e a obra do COT do Pari, que só será retomada no ano que vem. Afinal, os trabalhos de análise, seguirão até...

Nezinho, enfim, remanejado na gestão

nezinho_400_curtinha   Mesmo com reclamações sobre a maneira burocrática e os passos lentos de Nezinho (foto) no Governo, o prefeito da Capital Emanuel demorou mais de dois anos para remanejá-lo. Ex-prefeito de Livramento e amigo de longa data de Emanuel, Nezinho agora assume a Controladoria do município. No...

Natal Solidário com prêmios valiosos

francis maris 400 curtinha   O empresário e prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) lança nesta quarta, às 14h, na Assembleia Legislativa, mais uma campanha solidária em nome do Instituto Cometa, do Grupo Cometa, com sede em Cáceres e uma das maiores concessionárias de revenda do país. Em...

Sem elevar vaga de desembargador

carlos alberto 400 curtinha   O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), até concorda com a proposta de se aumentar o número de vagas de desembargadores, podendo subir de 30 para 35, por causa da elevada demanda e da necessidade de desafogar os processos na Justiça em...

Piran e avião de R$ 6 mi via o BNDES

valdir piran 400   O Antagonista revelou hoje a lista de beneficiários de empréstimos do BNDES para a compra de jatinhos da Embraer. E nela estão banqueiros, empresários, advogados e artistas. Um deles é o empresário mato-grossense Valdir Piran (foto), que captou nada menos que R$ 6,4...

Com mestrado e pronto para o retorno

jose carlos novelli 400 curtinha   Mesmo afastado da ativa por imposição do Supremo, em meio a um processo controverso baseado em denúncias sem prova, o conselheiro do TCE-MT, José Carlos Novelli (foto), segue se aperfeiçoando e ampliando conhecimentos. Acaba de receber diploma do curso de Mestrado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.