ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Quinta-Feira, 11 de Abril de 2019, 10h:27 | Atualizado: 11/04/2019, 10h:45

Polêmica

Presidente da Aprosoja cobra a revisão sobre destinação dos recursos do Fethab

O presidente da Aprosoja-MT Antonio Galvan voltou a cobrar a destinação correta dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), durante a feira Parecis Super Agro, em Campo Novo do Parecis,  nesta quarta (10). De acordo com ele, os produtores entendem que as áreas para as quais serão destinados 60% dos recursos do “Novo Fethab” são prioritárias, no entanto, há outras fontes de arrecadação específicas para essa finalidade.

Rodinei Crescêncio

Antonio Galvan

Antonio Galvan diz que, ao longo dos anos, o que se vê é a falta de gestão eficaz na aplicação dos recursos em MT

Diante de um público composto por produtores rurais, empresários e representantes de outras entidades do setor, Galvan reforça que a alteração na lei do Fethab – publicada em janeiro deste ano -, impacta de forma negativa o setor, já que apenas 30% dos recursos do Fundo serão utilizados para a destinação de origem. Ou seja, criado pela lei nº 7263/2000, o Fethab sempre teve como objetivo central o financiamento de planejamento, execução, acompanhamento e avaliação de obras e serviços de transportes e habitação.

 “São importantes as outras áreas? São. Não temos dúvidas disso. No entanto, ao longo dos anos, o que se vê é a falta de gestão eficaz na aplicação dos recursos, é isso que cobramos e vamos continuar o enfrentamento. O descontentamento é grande em todo o segmento. Passamos meses discutindo e tentando evitar que isso acontecesse, pois o setor já contribui e não estamos cobrando nada além do que é de direito”, disse Galvan.

O presidente elencou algumas rodovias estaduais que são de extrema importância para interligar os municípios daquela região e estão em condições precárias. Muitas fazem parte de relatórios feitos pela entidade por meio do Movimento Pró-Logística, que realiza anualmente o Estradeiro, fazendo um raio-x das vias. Segundo ele, além disso, há questões como a inviabilidade da produção de milho, por conta do Fethab. “Uma cultura na qual o produtor já tem margem negativa, com a cobrança do Fethab ficou ainda mais crítico. Precisamos retomar essa discussão ou a produção agrícola do Estado será toda comprometida”, disse.

Reclamou ainda do desgaste com o projeto que retira mais 10% de infraestrutura e logística, que fazem parte do MT Par, para colocar em outra área. A proposta já foi aprovada pelo Legislativo. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

Única suplente com salário no Senado

clerie fabiana curtinha 400   Dos seis suplentes de senadores por Mato Grosso, uma recebe salário pelo Senado. Trata-se de Clérie Fabiana Mendes (foto), segunda-suplente de Selma Arruda. Mas o seu subsídio não é pelo cargo assegurado com a eleição da chapa, mas sim por ter sido nomeada em posto...

Prefeita e R$ 10 mi em obras em Sinop

rosana sinop 400 curtinha   A prefeita de primeiro mandato de Sinop Rosana Martinelli (foto) está fechando o terceiro e penúltimo ano de mandato com uma grande demanda de obras estruturantes. Após licitar, assinou contrato de R$ 10,2 milhões com a construtora e incorporadora Berna, que vai executar o projeto integrado de...

Justiça impede "espetáculo eleitoreiro"

helena 400 curtinha desembargadora   O Judiciário fez justiça ao mandar suspender a eleitoreira CPI contra o prefeito Emanuel. Numa fase já de pré-campanha, em que todos os 25 vereadores cuiabanos e mais uma centena de outros de fora se movimentam pensando na disputa eleitoral e ávidos para criar palanque, nada...

Parlamentar anda cabreiro até na AL

sebastiao rezende 400 curtinha   Sebastião Rezende (foto), que exerce o 5º mandato, anda cabreiro e assustado, até mesmo na hora de circular pelos corredores da Assembleia. E não pode avistar um jornalista que sai correndo. Na terça, após a sessão ordinária, o deputado acelerou os passos quando...

10 anos "adormecida" sobre Energisa

gisela 400 curtinha   Depois de mais de 10 anos atuando no Procon, a advogada e primeira-suplente de deputada federal Gisela Simona (Pros) agora que se acordou para a gravidade sobre a prestação de serviços da Energisa, campeã de reclamações junto ao próprio Procon. Passou todos esses anos sem mover...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.