ECONOMIA E AGRONEGÓCIO

Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 19h:58 | Atualizado: 21/05/2019, 20h:05

Central de Abastecimento

Quiabo encarece 165% e preço do quilo já custa quase R$ 13 em Cuiabá - veja índice

Luciana Cury

Quiabo Jil�

Tiveram alta também no valor de comercialização o jiló, a pimenta-de-cheiro e  o chuchu

Quem buscou quiabo em feiras e supermercados nos últimos sete dias em Cuiabá e Várzea Grande se assustou com o preço do produto. O legume acumulou alta de 165% no preço na Central de Abastecimento de Cuiabá, que comercializa hortifrutigranjeiros no atacado e no varejo para restaurantes, supermercados e feiras livres de diversos bairros das duas cidades.

Na semana passada, de acordo com a pesquisa de preços divulgada pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), a caixa com 14 quilos do quiabo era comercializada a R$ 15. Nesta manhã de terça (21) essa mesma quantidade está ao preço de R$ 40. Nas gôndolas dos supermercados o preço médio por quilo do legume está R$ 12,90.

As constantes chuvas e a incidência de pragas provocaram queda no estoque do legume, provocando assim, segundo engenheiro agrônomo da Seaf, Luiz Henrique Carvalho, a alta nos preços do quiabo e de mais outros quatro itens pesquisados pelo órgão estadual. Tiveram alta também no valor de comercialização o jiló, a pimenta-de-cheiro, o chuchu e o abacate. De R$ 20, o preço da caixa com 15 quilos do jiló duplicou para R$ 40. Já a pimenta-de-cheiro subiu 54%, passando de R$ 65 a caixa com 8 quilos para R$ 100.

Ainda no levantamento, em sete dias o chuchu saltou de R$ 20 para R$ 30 a caixa com 21 quilos, representando uma alta de 50%. Já o abacate acumulou o acréscimo de 20% no preço comercializado, ao ser vendido 60 ao invés de R$ 50, como na terça passada.

O tomate, um dos grandes vilões da inflação e sempre presente com alta no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), surpreendeu nesta semana. A fruta reduziu 15% no seu valor de comercialização. Passou de R$ 100 a caixa com 20 quilos para R$ 85.

A cotação de preços dos principais produtos da agricultura familiar é realizada semanalmente, toda terça, a partir 5h, por técnicos da Seaf, Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e Prefeitura de Cuiabá. A pesquisa de preço é realizada na Central de Abastecimento de Cuiabá, levando em conta o preço mínimo, mais comum e o preço máximo dos produtos encontrados nas barracas em três horários distintos durante o período matutino.

Além disso, o índice de preço médio dos 48 principais produtos da agricultura familiar em 21 estados brasileiros podem ser conferidos no site. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Urbanista | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 14h12
    0
    0

    O quiabo gosta de muita chuva para ser cultivado. Estamos apenas no início da entre-safra e é normal que o preço fique mais elevado.

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 13h05
    0
    0

    Pragas fortalecidas pelo uso de agrotoxico no Estado. Ausencia de financiamento para agricultura familiar e por ai vai.... Vamos viver de farelo de soja.....

Matéria(s) relacionada(s):

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

Pivetta vai despachar em 2 gabinetes

otaviano pivetta 400 curtinha   O governador em exercício a partir desta quinta, empresário Otaviano Pivetta (foto), vai dividir o tempo no Palácio Paiaguás pelos próximos oito dias despachando em dois gabinetes. Ora sentará na cadeira do titular Mauro Mendes, que viajou numa comitiva para a Bolívia,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.