ECONOMIA

Terça-Feira, 29 de Setembro de 2015, 09h:20 | Atualizado: 01/10/2015, 07h:49

Logística

Grupo acompanha obras em portos e rodovias e aponta avanços na BR-163

Assessoria

obras_odebrech_2-assessoria.jpg

Maior parte das obras de duplicação na BR-163 são feitas pela Odebrecht

A Comissão de Logística da Aprosoja e o Movimento Pró-Logística acompanharão as discussões e progressos sobre as BRs 163, 158, 080, 242 e 174, as hidrovias dos rios Paraguai e das Mortes, da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (FICO) e as concessões estaduais de rodovias.

A decisão foi tomada em reunião que definiu as prioridades do setor para o próximo ano. Outro tema que será acompanhado pelo grupo é a criação pelo Governo Pedro Taques (PSDB) do Funtran, um fundo semelhante ao Fethab.

De acordo com o coordenador da Comissão de Logística, José Rezende, os problemas são sempre os mesmos. Ano após ano. Entretanto, para 2016, a intenção é focar ainda mais nos projetos relacionados às hidrovias e portos, com participação mais efetiva da Aprosoja. “Também teremos ações de um acompanhamento mais intenso nos dois principais eixos rodoviários, que são as BR's 163 e 158”.

Avanços

Segundo a Comissão, durante o encontro também foram apontados os avanços na logística realizados neste ano, entre eles estão a duplicação da BR-163/364, que vai de Rondonópolis até a divisa com Mato Grosso do Sul. “São 60 quilômetros duplicados pela Odebrecht. Também foi feita recuperação em toda rodovia de pista velha. A Odebrecht já começou a cobrar o pedágio e nessa cobrança de pedágio está inclusa a manutenção do trecho Rosário-Rondonópolis, anteriormente de responsabilidade do Dnit”, explica o diretor executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz Ferreira.

Já os avanços em relação a parte hidroviária, a Comissão ressalta os avanços em relação ao acesso ao terminal de Miritituba, no Pará. “Neste ano começou a ter manutenção de trecho não pavimentado da rodovia, o que não ocorria até ano passado. Também evoluímos com a troca de empresas: da Trimec pela Cimcop e da CBEMI pela Cavalca”, lembra Vaz.

O diretor executivo ressalta ainda, que a troca das empresas irá garantir a continuidade das obras de pavimentação da BR-163. Já entre Vila 30 e Rurópolis, Vaz destaca a empresa Sanches Tripolini, que também evoluiu e deve fechar 30 quilômetros pavimentados. “Isso mostra que o trecho está dentro do cronograma para entrega até 2017”, afirma.   

Transbordo

No caso das estações de transbordo de carga, o diretor executivo cita avanços na região de Miritituba, com o funcionamento pleno da Bunge e do terminal flutuante da Bertolini. “Hoje nós temos em Miritituba uma capacidade de transbordo de 5,5 milhões de toneladas. Acreditamos que já se vai fazer esse ano 3,5 milhões de toneladas. A limitação atualmente é a condição da estrada de acesso, que está em obras. Mas de modo geral, podemos dizer que 2015 foi e está sendo bastante positivo”, finaliza. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS