ECONOMIA

Sexta-Feira, 04 de Novembro de 2016, 15h:23 | Atualizado: 04/11/2016, 15h:24

Mato Grosso tem rebanho 100% livre de animais de origem estrangeira

Reprodução

pecuária

Com morte do animal, MT fica em situação privilegiada de não ter animal com registro de importação

O último animal de origem estrangeira no Estado foi sacrificado por uma comissão de monitoramento e controle de sanidade animal. A ação aconteceu na última semana de outubro, em uma fazenda de Porto Esperidião, indicada para animais que venham de países que registraram casos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), mais conhecida como “Mal da vaca louca.

Com a morte do animal, Mato Grosso fica em situação privilegiada de não ter nenhuma animal com registro de importação em seu território, conforme explicou o gerente de relações institucionais da Acrimat e médico veterinário, Nilton Mesquita Júnior.

Nos últimos dois anos, a Comissão de Sacrifício Animal de Mato Grosso rastreou, monitorou e sacrificou 11 animais que vieram de outros países para o Estado. O controle de entrada de animais estrangeiros é realizado pela Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SDA/Mapa) e Indea, via SISBOV – sistema de rastreamento bovino.

Desde os primeiros casos da doença, qualquer animal estrangeiro que entra no Estado é avaliado e técnicos orientam o proprietário do animal sobre os protocolos de sanidade.

No caso da vaca de Porto Espiridião, o rastreio vinha sendo feito há anos, acompanhando a vida útil do animal e em contatos constantes com o proprietário. Seguindo o protocolo de sanidade animal, é obrigatória a análise de tecido encefálico para se excluir o risco da doença. A coleta do material se dá quando é feito o sacrifício ou quando o animal morre de causas naturais. “E esse ponto é uma opção do criador. Nesses últimos dois anos, através de um movimento de conscientização realizado pela comissão, os pecuaristas que ainda tinham esses animais, entenderam a importância do controle e análise de material via sacrifício” explica Nilton.

Comissão

Criada em 2001, a Comissão é composta por médicos veterinários do Mapa, Indea e Acrimat e tem como objetivo rastrear, avaliar, sacrificar e abrir o processo indenizatório do animal. Desde 2001, foram 50 animais abatidos no total. O caso em Porto Esperidião era o último acompanhamento de animal estrangeiro em MT. “O monitoramento continua agora nas propriedades e frigoríficos na vigilância contínua da mitigação de risco”, destaca Donizete Mesquita, fiscal federal agropecuário do Mapa, em Mato Grosso. 

Segundo o superintendente da Acrimat e médico veterinário, Francisco Manzi, outro fator decisivo para manutenção do status de risco insignificante no Estado, é sua vocação de “boi a pasto”. “Com 80% dos animais criados exclusivamente em pastagens, as rações não contêm nenhum ingrediente de origem animal, principal fonte de contaminação da doença”, destaca. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS