ECONOMIA

Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2015, 07h:47 | Atualizado: 27/09/2015, 20h:17

Em Cuiabá

Seminário discute cadeia produtiva do arroz; geração de energia na pauta

Reprodução

arroz_1

Neste ano, MT deve produzir 612.966 mil toneladas de arroz, um incremento 5%

Especialistas, empresários e produtores se reúnem nesta quinta (24) para discutir a atual situação da cadeia produtiva do arroz. O encontro será a partir do meio-dia no V Seminário Cultura do Arroz de Terras Altas, na Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt). 

No encontro, organizado pelo Sindicato Estadual das Indústrias do Arroz de Mato Grosso (Sindarroz), em parceria com a Embrapa, também serão apresentados projetos inovadores, como a geração de energia elétrica a partir da casca do arroz, e novas cultivares de arroz e feijão para garantir uma safra de boa qualidade.

Segundo o presidente do Sindarroz, Lázaro Modesto, os debates servirão para melhorar toda a cadeia produtiva do arroz, que envolve desde a pesquisa, produção e beneficiamento pela indústria. “Nosso objetivo é oferecer um produto cada vez melhor aos consumidores”.

Além disso, os participantes poderão conhecer projetos de diferentes localidades, como o caso da produção de energia utilizando a casca do cereal, desenvolvido no Rio Grande do Sul. “A ideia é trazer essa novidade para o Estado. É uma solução sustentável para dar destino à casca de arroz, produzida pela indústria, e pode ser viável economicamente”, acredita Modesto.

Programação

A primeira palestra está marcada para às 13h, com o presidente do Sindarroz, que falará sobre os desafios e oportunidades da indústria arrozeira mato-grossense. Em seguida, às 13h40, o gerente de Projetos da Brazilian Rice, André Anele, apresentará algumas iniciativas para a exportação do arroz brasileiro. Às 14h10, os representantes das Caldeiras Beneck falarão sobre eficiência energética a partir da casca do grão.

Às 15h, o engenheiro agrônomo da Agrone Norte Pesquisa e Sementes, Ângelo Maronezzi, vai proferir palestra sobre o custo beneficio das sementes certificadas e apresentar novas cultivares, com destaque para a safrinha, que começa em janeiro. Às 16h, o analista da Embrapa, Bernardo Mendes dos Santos, apresentará sugestões para a consolidação da marca coletiva do arroz mato-grossense. Já o encerramento fica por conta do analista da Embrapa, Carlos Magri Ferreira, que abordará as futuras ações para a consolidação da nova orizicultura em Mato Grosso.

O V Seminário do Arroz de Terras Altas tem o apoio da Fiemt, Agro Norte Pesquisa e Sementes, Empaer-MT e Abiarroz.  O evento é gratuito e os interessados em participar podem entrar em contato pelos telefones (65) 3641-8030 e (65) 9984-1696.

Safra do Arroz 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso produziu, em 2014, um total de 583.449 mil toneladas de arroz, sendo que a região Norte concentrou 25% da produção estadual, com destaque para os municípios de Matupá, Guarantã do Norte e Alta Floresta.

Para este ano, a estimativa é de aumento da produção para 612.966 mil toneladas, um incremento 5%. Segundo o Sindarroz, a maior parte do arroz produzido no Estado é comercializada no mercado interno.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...