2 do Araguaia se articulam a federal e região não deve eleger representante


De Barra do Garças

Somente as convenções, em junho, devem indicar o número de candidatos com domicílio eleitoral na região do Araguaia que concorrerá à Câmara Federal. Por enquanto, apenas dois nomes estão se articulando: o vereador por Barra do Garças o vereador Julio Cesar (PSDB) e o empresário do ramo de turismo, Cleudison Ávila, o Gordin Tur. A busca pela eleição de um representante na Câmara dos Deputados vem sendo travada desde 1.992, ano em o ex-governador Wilmar Peres de Farias conseguiu se eleger pelo antigo Partido Liberal (PL).

De lá para cá, vários se aventuram, sem sucesso, a uma das oito vagas destinadas a Mato Grosso. Nas duas últimas eleições, o empresário Eduardo Moura (PPS), chegou à primeira suplência do deputado Valtenir Pereira (Pros), tendo assumido por 120 dias. Na década de 80, a forte representatividade conquistada pelo Vale do Araguaia no cenário político mato-grossense conseguiu eleger o ex-prefeito Ladislau Cristino Cortes, o Lalau, como titular e deixou o também ex-prefeito, Valdon Varjão, na suplência, ambos do extinto PDS. 

Neste ano, o vereador Julio Cesar praticamente selou sua pré-candidatura, após convite do presidente do PSDB, deputado federal Nilson Leitão, que buscará a reeleição. “Eu sempre coloquei meu nome à disposição para concorrer à Assembleia Legislativa, porém, o partido pretende me lançar à Federal e como soldado não vou fugir a luta. Estou aqui para somar”, disse Julio. Pelo PDT, deve disputar o empresário do ramo de turismo, Cleudes Ávila, o Gordin Tur, que acompanhou recentemente a caravana do senador Pedro Taques à região do Araguaia se apresentando como postulante. Ambos, entretanto, não devem conseguir se eleger e entram na disputa para reforçar a chapa proporcional.

Ganhando terreno

Enquanto a região praticamente não tem nomes, os deputados federais Roberto Dorner (PSD), Valtenir Pereira (Pros) e Julio Campos (DEM) ganham terreno. A situação dos parlamentares pode ficar ainda mais confortável caso o deputado Wellington Fagundes (PR), que representa o Araguaia em Brasília, concorra mesmo ao Senado Federal. Além disso, Júlio tem afirmado que não pretende buscar a reeleição. Quem está em posição "privilegiada" é Dorner, que terá o apoio do prefeito de Barra do Garças Roberto Farias (PSD) e dos quatro vereadores do seu partido na Câmara.

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.