A 1 mês das convenções, partidos já afunilam debates sobre as alianças

A um mês do início das convenções para as escolha dos candidatos para estas eleições, 10 de junho, as definições de alianças devem se afunilar e ganhar corpo. Por enquanto, o cenário ainda segue indefinido. Entre as composições que estão consolidadas está a união de PMDB e PT, que também estão alinhados nacionalmente, e tem como pré-candidatos Julier Sebastião da Silva e Lúdio Cabral, respectivamente. Já o PR e PSD, que também são governistas, seguem no bloco, mas também cogitam outras possibilidades.

Além disso, algumas lideranças da base (PMDB, PT, PSD, Pros, PC do B, PRB e PEN) ainda sonham com a candidatura de Blairo Maggi (PR), que já refutou qualquer possibilidade de disputar o Palácio Paiaguás. A maioria acredita que só Maggi teria como desbancar o senador Pedro Taques (PDT), da ala oposicionista, visto que nas últimas pesquisas o republicano lidera as intenções de votos, enquanto Lúdio e Julier seguem abaixo de Taques.

De todo modo, entre os oposicionistas ( PDT, PSB, PSDB, DEM, PPS e PV), o clima também não é dos melhores devido a possibilidade do PR aderir ao grupo.  Os mais descontentes são os democratas. Eles são contra a vinda da sigla, tendo em vista que o projeto de reeleição do senador Jayme Campos, chocaria com a “ambição” do PR com a pré-candidatura ao Senado de Wellington Fagundes. Para acalmar os ânimos, uma reunião do bloco foi ocorrerá nesta segunda (12).

Diante disso, as seguidas reuniões estão sendo realizadas para definir os últimos ajustes. A de maior polêmica é acerca da definição do PR, que precisa decidir qual lado seguirá, se mantém na base governista ou adere ao projeto de Taques. As discussões acerca deste assunto foram motivo de pressão dos dois blocos, uma vez que a base deu um ultimato para definir em 10 dias a posição dos republicanos.

Terceira via

Ainda existe a possibilidade de uma terceira via, com o senador Jayme Campos (DEM) se lançando ao Governo. O democrata recebe incentivos do PSD do deputado José Riva (PSD). Outra possibilidade seria Luiz Antônio Pagot (PTB), na qual o partido até lançou a pré-candidatura do petebista, contudo, espera as definições na reunião do bloco oposicionista e a determinação da Nacional para definir uma posição.

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.