Conjecturas

Ala quer definir Senado, Bezerra diz que é cedo e indica Faiad ao Governo

Três dias após o anúncio do governador Silval Barbosa (PMDB) de que ficará no cargo até dezembro e não concorre a senador, ala governista voltou a se reunir e concentrou os debates em torno de dois temas: Governo e disputa ao Senado. O encontro reuniu 9 partidos (PR, PMDB, PT, PSD, PCdoB, PP, Pros, PSC e PRB), começou às 19h30 e se estendeu até 23h, no hotel Odara. Na oportunidade, lideranças como o deputado federal Valtenir Pereira (Pros) e os estaduais Mauro Savi (PR) e José Domingos Fraga (PSD) defenderam que a ala já indicasse o nome do deputado federal Wellington Fagundes (PR) a senatória.

O presidente do PMDB Carlos Bezerra, entretanto, ponderou que ainda é muito cedo para fechar o assunto. Para ele, é mais fácil começar definindo quem é o nome ao Palácio Paiaguás.  Em meio ao debate, adiantou que, de todo modo, a legenda não abre mão de indicar um nome ao Senado ou Governo. Sendo assim, se fechassem em torno de Wellington, os peemedebistas colocariam o nome de Francisco Faiad (PMDB), ex-secretário de Administração, como opção à sucessão do governador Silval. Não houve consenso e o debate prossegue e será retomado em outros encontros.

A tendência é que o nome de Faiad seja incluído na pesquisa qualitativa encomendada pelo grupo, que deve ficar pronta até o próximo dia 30 e leva em consideração também: o vice-governador Chico Daltro (PSD), Lúdio Cabral (PT), Julier Sebastião da Silva, sem partido, e Maurição Tonhá (PR). 

Aliás, Daltro também aproveitou o encontro para reiterar a vontade de disputar o Palácio Paiaguás. Havia uma expectativa em torno do posicionamento de Daltro porque a decisão de Silval, em ficar no governo, tem vinculação direta com Daltro que se tornaria governador por 8 meses em caso de renúncia, tendo mais facilidade para se “cacifar” e disputar o Governo. Foi assim com Silval, em 2010, quando o então governador Blairo Maggi (PR) decidiu concorrer ao Senado e deixou o Estado nas mãos de Silval.

Apesar da situação, o social social-democrata entende que tem força política para viabilizar o seu nome. Ele aposta no trabalho desempenhado na secretaria de Cidades, especialmente no setor de habitação, para viabilizar o seu nome.

PT

Ainda no encontro, a base governista pressionou o PT para definir a situação dos dois pré-candidatos da sigla, o ex-vereador por Cuiabá Lúdio Cabral, que já percorre municípios do interior para viabilizar seu nome como governador, e o juiz federal Julier Sebastião da Silva que, por sua vez, tem até 5 de abril para deixar a magistratura e se filiar à legenda. Petistas reforçaram que voltam a se reunir no próximo dia 28 e que, em breve, haverá uma definição. 

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.