POLÊMICA

Antero confirma "acordão" e compara Avalone com Arruda

Antero Paes de Barros   O ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB) comparou nesta quarta (10) o suplente de deputado estadual e colega de partido Carlos Avalone com o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido). Além das semelhanças físicas, Antero insinuou que existam outros pontos em comum entre os dois, numa referência às gravações em que ambos aparecem em atos ilícitos. “Eu fui um dos articuladores para a saída de Arruda quando este era senador e violou o painel daquela Casa. Então, como posso querer ser ético com o ex-senador e deixar de ver o que fez Avalone?”, disparou Antero, em coletiva nesta quarta (10).

   Na ocasião, ele antecipou a defesa que apresentará à Justiça, no próximo dia 17, devido a queixa-crime feita por Avalone. Este acusa Antero de injúria e difamação. “Ele não me acusou de calúnia porque sabe que é verdade”, avaliou o ex-senador.

   Conforme Antero, a queixa não é contra ele, mas contra a liberdade de imprensa. Ele alegou ter apenas comentado no Programa do Antero, na televisão, notícias veiculadas na imprensa, em 4 de outubro, de que Avalone fez um “acórdão” com a deputada estadual Chica Nunes (DEM) para assumir a titularidade do cargo e, assim, ter imunidade parlamentar para protelar as decisões da Operação Pacenas.

   Antero destacou a importância da prerrogativa dos deputados, instituída no período militar, mas desde que utilizada da forma correta. Segundo o ex-senador, Avalone comentou com ele que o acórdão não estava sendo firmado com Chica, mas com o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB). Este fato não entrou no processo, na opinião de Antero, para levar o juízo a um entendimento “diferente”.

   O ex-senador fez questão de enfatizar que não disse inverdades sobre Avalone. “No próprio texto da queixa-crime, ele (Avalone) confessa que houve oferta de exercer por quatro meses o mandato. Então está caracterizado o acordo”, disse. Ele afirmou que vai advogar em causa própria para mostrar a verdade. “No caso do Arruda, não era ele nas imagens mostradas na TV? Aquilo foi gravado com autorização judicial? E, mesmo que sejam desconsideradas, a opinião dos juízes já está formada. Então, no caso de Avalone, de quem era aquele celular? E aquela voz? Fica a opinião de cada um”.

   Ao final, Antero disse que a queixa-crime não provocou desgaste interno para ele no PSDB e frisou que a cúpula da legenda vai seguir a orientação do “maior dos tucanos”, Mário Covas, falecido no exercício do mandato de governador de São Paulo. “Segundo Covas, a grande revolução hoje, não é querer implantar o socialismo, e sim dar choque de capitalismo”. Para Antero, isto se faz com clareza nos processos licitatórios.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...