Rumo às urnas

Apesar de desgaste, Percival diz que governo beneficia candidato da base

Articulador e um dos conselheiros do pré-candidato ao Governo Pedro Taques (PDT), o presidente do PPS e prefeito de Rondonópolis Percival Muniz garante que, mesmo mal avaliado, o Governo Silval Barbosa (PMDB) tem peso no processo eleitoral. Ele observa que como o governador não é candidato ao Senado, a tendência é que o processo eleitoral não passe pelo Palácio Paiaguás. Assim, a gestão deixa de ser vitrine e os ataques que seriam destinado para Silval perdem força, atingindo o grupo em menor proporção. “Quando o governador não está na disputa, termina ele mais ajudando do que atrapalhando o candidato do grupo governista. O candidato da base não absorve este desgaste principalmente se ele tem um perfil diferente”, reforça.

A administração de Silval Barbosa é criticada pela população por conta dos atrasos nas obras da Copa, lentidão do MT Integrado, escândalos das OSS, altos índices de criminalidade e problemas no MT Saúde. Percival, entretanto. não acredita que os desgastes de imagem sofridos pelo Governo possam beneficiar o projeto da oposição. Ao contrário, ele aposta que o apoio de Silval tende a pesar positivamente ao candidato governista. “Eu não menosprezo o apoio do Governo. O candidato da base terá mais bônus do que ônus, porque o poder da máquina ajuda a unificar o grupo”, avalia.

Ainda há muita indefinição sobre qual será o candidato da base, dentre os nomes cotados para a sucessão de Silval estão o do vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-vereador e médico Lúdio Cabral (PT), o empresário e ex-prefeito de Água Boa Maurício Tonhá (PR), o juiz federal Julier Sebastião, que se filia ao PMDB na próxima semana, e o ex-secretário estadual de Administração Francisco Faiad (PMDB).

 Já a oposição, por enquanto, tem uma única pré-candidatura consolidada, a do senador Pedro Taques, que até o momento possui em seu arco de alianças cinco partidos (PDT, PSB, PPS, PV, PSDB e DEM). O grupo ainda pode ser ampliado pois está prestes de fechar com o PTB e PP e ainda namora o PR, Solidariedade e os nanicos PRP e PSC.

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.