Eleições 2010

Apoio a Dilma não atrapalha aliança com Mendes, diz Pivetta

   O presidente estadual do PDT, deputado Otaviano Pivetta, acredita que o apoio da sigla, em nível nacional, à candidatura da ministra da Casa Civil Dilma Rousseff (PT) à sucessão de Lula, não vai atrapalhar a aliança do partido com o PSB de Mauro Mendes, pré-candidato ao Palácio Paiaguás. Além do PDT e PSB, integram o grupo dos chamados nanicos o PPS PV, PC do B, PRTB, PSC, PMN e PRB. Todos trabalham pela viabilização da candidatura de Mendes, mas o anúncio da aliança das executivas nacionais do PDT e PT deve ter impacto em Mato Grosso e exigir no mínimo discussões sobre o assunto para definir como vai ficar a questão do palanque.

  Afinal, Ciro Gomes (PSB) também é pré-candidato à presidência da República. “Não vejo problema nos dois subirem em nosso palanque. Acredito que não muda nada”, avaliou Pivetta, em entrevista ao RDNews. Segundo ele, o próprio Ciro Gomes tem declarado que não tem nenhum problema com Lula e a ministra Dilma e que, portanto, acredita que tudo permanece como está. Toda a articulação para a união das siglas em nível nacional foi articulada pelo próprio presidente do PDT, ministro do Trabalho Carlos Lupi.

  A união promete ser bastante estreita já que o PDT pretende ser uma espécie de interlocutor oficial nas decisões da campanha de Dilma. “A gente já estava esperando essa decisão. Ela não causou surpresas”, afirmou Pivetta. Já sobre a possível vinda do procurador da República Pedro Taques para o PDT, Pivetta desconversou. Disse apenas que as negociações estão paradas. “Está tudo parado, não houve mais nenhuma reunião”, afirmou.

  Encontro

  Todas essas mudanças no cenário político e as conjecturas vividas em Mato Grosso vão ser tema de debates entre os pedetistas nesta sexta (22), durante o encontro estadual da sigla, que acontece na Pousada Didi, em Chapada dos Guimarães, a partir das 9h. O encontro vai reunir integrantes e os presidentes municipais das cidades de Acorizal, Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Nobres, Nova Brasilândia, Nossa Senhora do Livramento, Planalto da Serra, Poconé, Primavera do Leste e Rosário Oeste. Este será a primeira grande reunião do PDT neste ano.

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.