Efeito Ararath

Após prisões da Ararath, Julier decide adiar lançamento de pré-candidatura

Thiago Bergamasco

julier_decisao.jpg

Julier Sebastião não definiu ainda nova data para lançar sua  pré-candidatura 

Alvo de mandado de busca e apreensão na segunda etapa da Operação Ararath, da Polícia Federal, o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, decidiu adiar lançamento da pré-candidatura ao Governo pelo PMDB,  agendada para hoje (22), às 19h, no hotel Gran Odara. Segundo o peemedebista, ainda não há definição sobre quando o evento deve acontecer. A expectativa que é seja realizado na semana que vem.

O ex-magistrado garante que a mudança na data não tem relação com os recentes acontecimentos envolvendo políticos e empresários mato-grossenses. Ele justifica a alteração por incompatibilidade de agenda com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). Assim, a prisão de dois correligionários, o governador Silval Barbosa, por porte ilegal de arma solto após pagamento de fiança de R$ 100 mil, de Eder Moraes, enviado para Brasil, além do deputado José Riva (PSD), líder de um dos partidos que compõe essa pré-aliança, não foram os motivos para deixar o lançamento da pré-candidatura para depois.

Julier e Ararath

O possível envolvimento do então juiz Julier teria sido identificado após interceptação no telefone do advogado Tiago Vieira de Souza Dorileo, um dos grampeados na primeira fase da operação. O monitoramento feito por agentes da PF, diariamente, por cerca de um ano e cinco meses, detectou também telefonemas envolvendo proprietários da construtora Encomind. A empresa, que hoje pertence a outro grupo empresarial, tinha processos na vara de Julier e lutava para sanar dívidas tributárias. O magistrado foi suspeito de ter favorecido a empresa em suas decisões.

O termo “Ararath” foi escolhido por ser o nome de um monte na Turquia onde, supostamente, foi encontrada a Arca de Noé. Isso porque o esquema investigado atualmente no Estado, que abrange crimes financeiros e lavagem de dinheiro, em muito se assemelha ao descoberto com a deflagração da operação Arca de Noé, em 2003, que desarticulou as ações de João Arcanjo Ribeiro, à época tido como o chefe do crime organizado no Estado. O ex-bicheiro era responsável por comandar movimentações financeiras ilegais, por meio de factorings. O responsável por decretar a prisão de Arcanjo foi o próprio Julier.

Julier confirma busca da PF

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.