ELEIÇÃO

Base governista já se mobiliza para contrapor pré-candidatura de Taques

Rodinei Crescêncio

ludio e daltro.jpg

 Lúdio Cabral e Chico Daltro estão entre os cotados para disputar o governo

Os partidos que compõe a base do governador Silval Barbosa (PMDB) e da presidente Dilma Rousseff (PT) se reúnem na próxima segunda (13) para dar início à mobilização rumo às eleições de outubro. O objetivo é estabelecer uma agenda de conservações e atos políticos para consolidar um nome  capaz de fazer frente ao Grupo dos 5 – PDT, PSB, PSDB, DEM e PPS – liderado pelo senador e pré-candidato ao governo do Estado Pedro Taques (PDT) . 

Dirigentes do PMDB, PT, PR, PSD e Pros já confirmaram presença. A participação dos republicanos  enfraquece as conjecturas de que a sigla estaria abandonando a base governista para aderir ao projeto de Taques. PP e PC do B, que também foram convidados, devem ampliar o leque das forças políticas que participarão da reunião. 

O deputado federal Carlos Bezerra, que preside o PMDB de Mato Grosso, acredita que a reunião servirá para avançar no debate sobre o candidato a governador da base governista. Além disso, afirma que o bloco não está atrasado em relação ao virtual adversário Pedro Taques que já se organiza para disputa eleitoral desde 2012. “Nós vamos ganhar as eleições. Ainda temos tempo para articular. Nossa base está organizada no interior e na Capital. A partir de agora, mostraremos nossa força”, declarou em entrevista ao RDNews

Segundo Bezerra, os partidos devem apresentar os nomes que dispõem para majoritária para balizar as discussões. Entretanto, a definição das coligações e candidaturas deve acontecer somente em junho, horas antes das convenções partidárias. 

O PT ainda aguarda a definição do juiz federal Julier Sebastião, que acabou desgastado por ser alvo da Operação Aratath, da Polícia Federal. Caso a expectativa não se concretize até abril, o ex-vereador Lúdio Cabral é o “Plano B” dos petistas. 

Apesar do desgaste, PT insiste em Julier e considera Lúdio “Plano B”

Outro nome cotado para entrar na disputa representando o PSD é o vice-governador Chico Daltro. O PR, por sua vez, deve apresentar como alternativa o ex-prefeito de Água Boa Maurição Tonhá. 

O PP, que pode ingressar no bloco governista, pretende reascender a possibilidade do produtor rural Eraí Maggi concorrer ao governo do Estado. Já o PC do B, que também estuda aderir à aliança que está sendo construída, tem como possível candidata majoritária a reitora da UFMT Maria Cavalli Neder que se filiou a sigla comunista, inicialmente, para disputar uma cadeira na Câmara Federal. 

Com menos força, o PMDB pretende colocar nomes na mesa de discussão.  Os peemedebistas cogitam o ex-secretário de Administração Francisco Faiad ou a deputada estadual Teté Bezerra para futura composição majoritária. 

Dois fatores, no entanto, podem alterar todo cenário e fazer as articulações iniciais caírem por terra. Um deles é a entrada na disputa pelo governo do Estado, mesmo que na última hora,  do senador Blairo Maggi (PR). O outro é Silval decidir renunciar em março para pleitear vaga no Senado.  

Maggi recusa pré-candidatura e PR agora aposta em Maurição

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.