Eleições 2010

Com o apoio de Serra a vitória de Wilson é certa, afirma Júlio

   O pré-candidato a deputado federal Júlio Campos (DEM) garante que embora Wilson Santos (PSDB) figure em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto na corrida ao Palácio Paiaguás, ele é o que mais reúne chances de ser eleito devido à influência exercida pelo candidato tucano à Presidência da República, José Serra, em Mato Grosso.

   “Em 1982 fui eleito governador do Estado com apoio de João Figueiredo (PDS), então presidente da República. Carlos Bezerra (PMDB) conquistou o Palácio Paiaguás em 1986 com o apoio de José Sarney (PMDB). Meu irmão, Jayme Campos (PFL) também foi eleito governador em 1990, com o apoio do candidato Fernando Collor (PRN), que venceu a sucessão à Presidência da República, além de Dante de Oliveira (PSDB) eleito governador de Mato Grosso em 1994, com o apoio de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Ou seja, o resultado das eleições estaduais acompanha o resultado federal nas urnas”, afirmou Júlio.

   De acordo com Júlio, o eleitorado mato-grossense tem o costume de eleger seu governador, escolhendo o candidato que esteja em sintonia com o preferido para presidente. Para ele, é grande a vantagem de Wilson sobre os adversários Silval Barbosa (PMDB) e Mauro Mendes (PSB). Wilson e Júlio já foram considerados inimigos políticos. Mesmo assim, hoje o democrata é um dos principais cabos eleitorais do ex-prefeito cuiabano.

   Sobre a escolha do vice da chapa de Wilson, ele declara que o DEM irá anunciar sua decisão no início de junho, antes das convenções. Indagado sobre a preferência dentro do partido ele admite que o nome de Lucimar Sacre de Campos, esposa do senador Jayme Campos, é o mais cotado entre os correligionários. “Lucimar acaba sendo a preferida dos democratas devido ao trabalho que desenvolveu como primeira-dama do Estado, além de ser mulher, o que conta muito, já que a maior parte de nosso eleitorado é feminino. Mas tudo irá depender da escolha do partido como um todo, analisando as melhores condições de cada nome”, exaltou.

  Segundo Júlio, outros nomes analisados pelo DEM são dos deputados estaduais Dilceu Dal´Bosco e José Domingos Fraga, além do ex-prefeito de Sinop Antônio Contini, dos senadores Gilberto Goellner e Jorge Yanai e do ex-prefeito de Primavera do Leste Érico Piana.

   O líder democrata relatou que e a chapa vai lançar 4 nomes a deputado federal, além de outros 10 de partidos aliados. Já rumo à Assembleia, o DEM deve contar com 22 candidatos, o PSDB vai lançar 23, enquanto o PTB vai lançar outros 22. “Dessa forma faremos no mínimo duas chapas de deputados estaduais e esperamos eleger ao menos três nomes para a Câmara Federal”, concluiu Júlio.

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...