RUMO ÀS URNAS

Daltro diz que população aprova governo e quer continuidade

Chico Daltro (PP)   O candidato a vice-governador de Silval Barbosa (PMDB), Chico Daltro (PP), aposta no discurso de continuidade do modelo de gestão atual para conquistar os mais de dois milhões de eleitores em 3 de outubro. Ele frisa que são inegáveis os avanços do Estado no setor de infraestrutura, habitação e de incentivos fiscais, que viabilizaram a instalação de empresas geradoras de emprego no Estado. “Nosso foco é continuar avançando nessas grandes realizações e melhorarmos os setores que ainda precisam de mais investimentos”, ressaltou Daltro.

  Perguntado se o grupo está preparado para as críticas nos setores de saúde, segurança pública e educação, o progressista, que já foi deputado estadual e secretário de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, se diz tranquilo e frisa que os debates vão ser encarados com tranquilidade. “Temos que avançar mais em saúde e segurança . Avançamos em todas as áreas, mas é claro que ainda precisamos fazer mais”, avaliou o progressista.

  Ainda conforme ele, a população entende que não foi possível realizar tudo, mas aprova o modelo implementado e quer a continuidade dele. “Prova disso é o resultado das pesquisas. Além disso, todos os dias a população nos demonstra nas ruas que está satisfeita”, analisa Daltro. O otimismo dele é tão grande, que o progressista aposta numa vitória ainda no primeiro turno.

   Ele lembra o fato de muitos eleitores ainda não terem definido e que durante os debates e programas eleitorais eles vão passar a integrar o grupo de eleitores que votam em Silval. “Os índices apontam um potencial para vencermos ainda no primeiro turno”, reforça. Para conseguir manter a intensidade da campanha, Daltro disse que durante este mês foi realizado um trabalho para energizar a militância e as lideranças da sociedade. “Estamos formando uma grande corrente em torno de Silval. Visitando a população e vamos manter uma campanha forte”, assegura.

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.