Rumo a 2010

DEM retoma encontros e admite indicar vice de Wilson se Jayme perder nas pesquisas

   Mesmo com um acordo majoritário com PSDB do pré-candidato a governador Wilson Santos, o DEM tenta se firmar no projeto próprio, com o senador Jayme Campos na corrida ao Palácio Paiaguás. Os ex-pefelistas retomam os encontros e neste sábado se reúnem em Poconé, um dos municípios da Baixada Cuiabana. O encontro está programado para a partir das 9h, na Câmara Municipal. Terá filiados de municípios como Nossa Senhora do Livramento, Várzea Grande, da Capital e de poconeanos simpatizantes da legenda. A ideia do partido, conforme o presidente do DEM, Oscar Ribeiro, é dar início a uma série de reuniões para colher junto às bases e à população em geral propostas para o programa de governo.
 

   Oscar admite que há "costura" entre Jayme e Wilson, no sentido de DEM e PSDB firmarem alianças visando o pleito de outubro deste ano. Pela proposta, o nome entre os dois que melhor pontuar nas pesquisas de intenção de voto a serem feitas em 25 de fevereiro será o candidato do grupo.  O cronograma de encontros dos democratas se estende até 20 de fevereiro, pouco antes da realização da pesquisa que definirá o nome de quem o partido vai apoiar na majoritária. Oscar Ribeiro explica que, pelo cronograma, o candidato será conhecido oficialmente no começo de março, mas já adianta que se Jayme não for o nome para cabeça-de-chapa, vai continuar no Senado e o DEM pensará num nome para indicar a vice de Wilson. Apesar disso, ele não arriscou a antecipar quem seria a figura a ser indicada porque acredita que a hipótese do senador não ser o nome escolhido está praticamente descartada.

  Muito cauteloso, ainda que o acordo do DEM não seja com o PR do governador Blairo Maggi - pelo menos não publicamente já que houve uma conversa entre os líderes dos dois partidos –, Oscar Ribeiro não quis fazer uma avaliação da gestão do republicano para dizer em que setor seu possível candidato pode atuar melhor. “Minha avaliação é boa. Em todas as áreas, ele (Maggi) teve uma atuação satisfatória”, comentou o ex-deputado e conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado. Reticente, passou a bola da avaliação administração para os deputados estaduais do DEM, que, segundo o dirigente democrata,  "tratam mais diretamente com o gestor".

IFMT e jogos de azar em campeonato

ivo da silva 400 curtinha   O professor Ivo da Silva (foto), que integra a Diretoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de MT (IFMT), com sede em Cuiabá, apresentou um requerimento ao reitor Willian de Paula, solicitando que sejam suspensas todas as modalidades esportivas correlatas ao...

5 empresas de ônibus estão na disputa

Cinco empresas concorrem à milionária licitação do transporte coletivo de Cuiabá, que será feita em três etapas. Entregaram a documentação nesta sexta à Comissão de Licitação. São elas:  Integração Transporte LTDA; Caribus Transportes e Serviços LTDA; Rápido Cuiabá Transporte Urbano LTDA; Viação Paraense LTDA e Pantanal Transporte...

Nildo deixa Gefron e assume Cáceres

 Jos� Nildo Silva   O coronel José Nildo Silva (foto) deixa o comando do Gefron, responsável pelas ações de combate aos crimes na fronteira, especialmente tráfico de drogas, para assumir o 6º Comando Regional de Cáceres. Antes, Nildo também liderou o Bope, tropa de elite da...

Vereador ganha mais que o prefeito

emanuel pinheiro 400 curtinha   Vereadores estão sendo pressionados por sindicatos de servidores da Capital para levar a Câmara Municipal a elaborar e aprovar uma lei, aumentando o salário do prefeito Emanuel (foto) para, a partir dessa elevação do teto, beneficiar também diversas categorias. Nessa...

MT cria delegacia contra à corrupção

O governador Mauro Mendes (DEM), atendendo exigência do ministério da Justiça e Segurança Pública, sob Sérgio Moro, determinou a criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR). A medida visa ter acesso aos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. No decreto, fica estabelecido que a DECCOR será conduzida por um delegado da classe especial e que será subordinada...

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.