Eleições 2010

Deputado contrapõe Eliene e rejeita esposa Janete para vice

José Riva e Eliene Lima  O presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), rechaçou a possibilidade da sua esposa Janete Riva ser vice na chapa do pré-candidato ao governo Silval Barbosa (PMDB). Assim, ele contrapõe as declarações do colega de partido Eliene Lima, que durante entrevista à rádio Cidade disse que o nome dela e do secretário-executivo do Ministério das Cidades Rodrigo Figueiredo seriam boas opções para compor com Silval. Declarou, inclusive, que Rodrigo se mostra disposto a assumir a empreitada, desde que não seja no palanque de Wilson Santos (PSDB) – veja aqui.

  A reação de Riva às afirmações foi rápida. Ele disse que a sua esposa e coordenadora da Sala da Mulher não é candidata e negou qualquer conversa neste sentido. “O PP nunca deliberou nada nesse sentindo. Reconheço a liderança de Janete, mas ela não é candidata a cargo eletivo”, declarou o parlamentar. Janete já foi candidata a vice-governadora na chapa do tucano Antero de Barros nas eleições de 2002. Na época, ela estava filiada no PSDB, assim como Riva. Depois, o casal pulou para o PP.

  Ele pondera também que não há viabilidade política nessa composição, já que Janete e Silval disputariam votos no Nortão, pois o peemedebista é de Matupá e Janete de Juara. “Seria uma honra ser vice de Silval, mas numa composição política teria que ser alguém da Baixada Cuiabana”, analisou Riva.

  O cacique do PP continua em cima do muro e disse que ainda não há nenhuma definição sobre qual aliança o partido irá aderir, se a do PT/PMDB/PR, chefiada pelo governador Blairo Maggi e Silval, ou a aliança que apoia Wilson Santos, DEM/PTB/PSDB. Ele ressalta que o PP realizará no dia 1° de março uma reunião interna entre os pré-candidatos e a executiva estadual para definir qual será o projeto político da sigla. “Se não tivermos projeto à majoritária, o PP vai trabalhar para compor alianças. E se o partido definir ser vice de alguém, depois é que vamos discutir nomes”, disse.

1º projeto beneficia a Grande Cáceres

leonardo 400 curtinha   O deputado Leonardo (foto) conseguiu aprovação de um projeto na Câmara Federal que amplia prazo sobre registro de imóveis na fronteira, beneficiando a região Oeste, especialmente Cáceres, que faz fronteira com a Bolívia. A matéria agora segue para o Senado. A...

Denúncia, psiquiatria e agora atestado

elizabeth 400 curtinha   Lotada como técnico-administrativo do RH do Hospital Metropolitano da Capital, Elizabete Maria de Almeida (foto), recorreu a um psiquiatra uma semana depois de registrar um BO e, sem apresentar provas, acusar o prefeito Emanuel de negociata, inclusive com dinheiro vivo para vereadores, com vistas a...

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.