RONDONÓPOLIS

Destempero de vereador ligado a Wellington expõe clima de racha

Destempero de vereador expõe clima de racha no PR

Ananias Filho   O governador Silval Barbosa (PMDB) deverá nos próximos dias participar de uma ampla reunião com os principais partidos aliados. O peemedebista vai tentar contornar as divergências internas, expostas publicamente por lideranças de agremiações que dão apoio à candidatura dele à reeleição. Silval está preocupado com a possibilidade de ter a imagem "arranhada" pela falta de entendimento de aliados no interior, principalmente em cidades pólo como Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande.

   Nesta semana, ganhou projeção as divergências entre lideranças do PR, partido presidido no Estado pelo deputado federal e candidato à reeleição Wellington Fagundes. Declarações ácidas concedidas pelo presidente da comissão provisória do partido em Rondonópolis, vereador Ananias Filho, têm exposto ainda mais o racha existente na sigla. Ele teria sido escolhido como uma espécie de porta-voz da ala ligada a Wellington. Do outro lado, está o grupo dos partidários do ex-governador e candidato ao Senado, Blairo Maggi, que até o momento não rebateu as declarações do vereador.

   Ananias admitiu, na tribuna da Câmara de Rondonópolis, que tentou viabilizar sua candidatura a deputado estadual, mas não conseguiu. Diante disso, o parlamentar teria começado um processo de rebelião dentro do diretório da legenda no município, principal base eleitoral tanto de Wellington quanto de Maggi. Não bastasse a queixa pública, Ananias disparou nesta quarta (7) críticas ao ex-presidente do PR, Moisés Sachetti, à reportagem de um site de notícias da região. Intitulada “Ananias chama Moisés Sachetti de grande sacana", a matéria foi postada às 15h33, mas à noite foi retirada do ar - confira aqui. Nela o vereador chama o ex-presidente do partido de “sacana” devido às especulações, confirmadas nesta sexta (9), de que Sachetti deixará o partido por discordar da condução eleitoral adotada pela direção partidária.

Wellington Fagundes   Não bastasse, Ananias atacou com veemência o deputado federal e candidato à reeleição Homero Pereira, também do PR. Segundo o vereador, o deputado federal teria enviado recursos à cidade por interesse pessoal. Ligado ao grupo de Maggi, Homero foi o segundo deputado mais votado em 2006. Teve 100.114 votos, com desempenho expressivo em Rondonópolis. Um dos motivos que estariam incomodando Wellington seria a destinação de emendas por Homero à cidade.

   Dentro do PR o descontentamento com a posição de Ananias é evidente. Além disso, ele teria sido escolhido por Wellington para blindá-lo na corrida à reeleição. Segundo pessoas próximas, o parlamentar está preocupado com o desgaste pelo fato de buscar o sexto mandato consecutivo. O receio de não se eleger nunca teria sido tão evidente como neste ano. Wellington se licenciou, inclusive, da Câmara dos Deputados para dedicar-se exclusivamente à candidatura. Nas eleições de 2006, ele recebeu 78.215 votos.

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.