CONFRONTO

Dilceu diz que prefeitos infieis recebem ajuda para apoiar Silval

Dilceu afirma que prefeitos infieis receberam "ajuda" para apoiar Silval

Dilceu Dal Bosco   O  candidato a vice da chapa de Wilson Santos (PSDB), deputado Dilceu Dal Bosco (DEM), disse que os prefeitos infieis, aqueles que pertencem a partidos de oposição, mas que resolveram aderir a campanha à reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB), estão tendo ajuda do Palácio Paiaguás em seus municípios. Na sua avaliação, "nada justifica um prefeito apoiar candidato fora da coligação, já que pode ser considerado infiel e correr o risco até de ser expulso pelo partido". Em meio às debandadas, a chapa Wilson-Dilceu perdeu diversas lideranças políticas, principalmente prefeitos e vereadores. Quase todos foram para o palanque do peemedebista. O poderio da máquina acabou por contribuir com a candidatura de Silval, líder nas pesquisas de intenção de voto.

   Segundo Dilceu, a debandada dos prefeitos do DEM gerou prejuízos políticos eleitoral à campanha. “ Nossos adversários usam isso como trunfo e acabamos tendo um desgaste maior", pontua o deputado que acabou lançando o irmão Dilmar Dal Bosco como espécie de substituto na corrida à vaga na Assembleia. O democrata admite que, diante da cooptação do governo de lideranças que deveriam estar na oposição, "ficou sem saber o que fazer". Quanto aos prefeitos, entende que "não existem motivos dentro do partido e nem da coligação para eles tomarem tais atitudes”. Dilceu preferiu não comentar, porém, o fato do cacique do partido, senador Jayme Campos, se mostrar impotente politicamente, já que não conseguiu evitar os apoios à candidatura Silval.

   O democrata conta que durante as convenções partidárias ninguém se manifestou contra à coligação com o PSDB e que o DEM sempre manteve um bom diálogo com os filiados. “Todos sabem das nossas propostas e dos nossos objetivos dentro da campanha. Por isso tenho certeza de que alguma promessa foi feita por parte do governador aos prefeitos”. Mesmo com todo o desgaste da coligação Jonas Pinheiro, que tem Wilson ora em segundo, ora em terceiro lugar nas pesquisas, Dilceu Dal Bosco acredita que o tucano vai estar no segundo turno. “Confio até no último momento que estaremos no segundo turno. Estamos trabalhando na melhoria dos programas eleitorais e nos preparando para os debates. E continuamos o trabalho corpo a corpo pedindo voto sempre”.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.