POCONÉ

Diretório abandona Wilson e fica com Silval; tucano faz críticas

   Todos os cinco membros da executiva do PSDB de Poconé deixaram oficialmente a sigla nesta segunda (23) e devem aderir à campanha do candidato ao Governo Silval Barbosa (PMDB). Conforme o ex-presidente da sigla Ricardo Elias, eles resolveram “abandonar” o projeto de Wilson Santos (PSDB) por entender que ele não é o melhor candidato ao Paiaguás. “Fizemos isso para não incorrer em infidelidade partidária, pois avaliamos que dos quatro candidatos, Silval é o melhor”, pontuou o ex-tucano. Ainda conforme ele, o grupo de dissidentes ainda não definiu se vai mesmo se filiar ao PMDB. “Recebemos uma proposta do deputado federal Carlos Bezerra, mas isso é uma segunda etapa”.

  Além dele, deixaram o PSDB Adélia Pereira Leite, Vítor Lisboa, Lélia Santos e Agda Arruda. Conforme Ricardo, os cinco oficializaram a executiva estadual sobre a saída na sexta e protocolizaram a desfiliação nesta segunda. “Foi uma renúncia coletiva para que possamos ter liberdade de apoio pluripartidário”, reforçou o ex-presidente do PSDB. A saída dele foi encarada pelo secretário-geral do PSDB e coordenador regional de mobilização da campanha de Wilson, Aparecido Alves, o Cido, como mais uma traição do ex-presidente da sigla em Poconé. “Se Ricardo apoiar Silval está indo por dinheiro”, frisa Cido.

  Ainda conforme ele, a vida política do ex-membro do PSDB é marcada por passagens em vários partidos e até no ninho tucano ele vinha agindo com má conduta. “O problema é que ele queria ser indicado como candidato à Prefeitura de Poconé e, para isso, tentou impedir a filiação de Euclides Santos e depois fugiu do processo democrático. Isso é uma ficha de traição”, pontuou Cido, numa referência à polêmica envolvendo o ato de filiação do secretário de Infraestrutura de Cuiabá Euclides Santos, que já foi prefeito de Cuiabá e que deve disputar novamente a cadeira caso o prefeito eleito Clóvis Martins (PTB) não consiga reverter a sua cassação na Justiça.

  Clóvis teve a perda de mandato decretada pelo TRE após ser acusado de compra de votos. Hoje a cidade é administrada pelo presidente da Câmara, Ney Rondon Marques (PTB), e caso a cassação seja mantida, uma eleição suplementar deve ocorrer. Com a destituição do diretório de Poconé a tendência é que uma Comissão Provisória seja nomeada pela executiva estadual da sigla.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.