Articulação

Dorileo se mostra animado rumo à prefeitura e sinaliza ao PMDB

Joaõ Dorileo Leal   O empresário João Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, admite que as negociações para a filiação no PMDB, do governador Silval Barbosa, estão adiantadas. Ele é cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá em 2012. “Tenho até 30 de setembro para tomar a decisão, mas confesso que as conversas com o governador estão adiantadas”, diz Dorileo.

   Convidado pelo senador Pedro Taques para ingressar no PDT, o empresário aponta a dificuldade de administrar Cuiabá numa gestão de oposição ao governo. “Ele apresentou um projeto, mas eu acho que seria difícil ser um prefeito de oposição. Acredito que o melhor é agregar, unir forças”, avalia.

   Taques lidera as negociações entre PPS, PSB, PDT e PV, do movimento Mato Grosso Muito Mais, com o PSDB, para formar uma frente de oposição nas eleições de 2012 e 2014. Embora adiante que não impôs a candidatura como condição para se filiar ao PMDB, Dorileo afirma ter recebido o apoio do presidente do PDT em Cuiabá, Tom Ubirajara, e da Comissão de Ética do partido, Rodrigo Rodrigues, contrários ao projeto de Taques. “Recebi visitas e telefonemas, eles demonstraram simpatia à candidatura”, afirma Dorileo.

   O empresário também conversou com lideranças do PP, como o secretário estadual de Saúde, Pedro Henry, e o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, com o senador Blairo Maggi (PR) e com os presidentes das executivas do PMDB no Estado e em Cuiabá, Carlos Bezerra e Clóvis Cardoso, respectivamente.

   Há 20 anos na área de comunicação, Dorileo nunca foi filiado a partido político. “Um projeto deste porte requer dedicação. Tudo tem seu momento, a pessoa tem que se achar preparada”, avalia. Ele aponta o caos nas sucessivas administrações da Prefeitura de Cuiabá entre os fatores para ingressar na carreira política. “O que me estimula é o compromisso com a cidade. A cidade é carente, com problemas crônicos na saúde, coleta de lixo e tratamento de água. É um absurdo”, reclama.

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.